Notícias / Pará

MORTE DE MOTORISTA

Grupo de motoristas do Uber protesta em frente ao IML

Sexta-Feira, 19/10/2018, 21:31:51 - Atualizado em 19/10/2018, 22:20:49 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Grupo de motoristas do Uber protesta em frente ao IML (Foto: Irene Almeida/Diário do Pará)
IML fazendo a remoção do corpo do motorista (Foto: Irene Almeida/Diário do Pará)

No início da noite desta sexta-feira (19), um grupo de trinta motoristas do Uber se concentraram em frente ao Instituto Médico Legal (IML), com o objetivo de conseguir alguma informação sobre a demora na liberação do corpo de Stewidy Soares, de 29 anos, assassinado durante a tarde, na rua 14 de Fevereiro, do residencial Carlos Mariguela, bairro do Aurá, em Ananindeua, Região Metropolitana de Belém.

A vítima era motorista do aplicativo de transportes e estava na casa do irmão para passar o final de semana. No local havia uma mulher com duas crianças.

Por volta de 12h20, um carro prata com quatro homens encapuzados chegou à residência. Dois criminosos desceram do veículo, mandaram a mulher se afastar do local com as crianças e entraram na casa.

Stewidy Soare, estava trancado dentro de um quarto, quando os criminosos arrombaram a porta do local e o mataram com três tiros na cabeça. Foi levado também duas televisões da casa e o carro da vítima. 

(DOL)



Conteúdo Relacionado:





Comentários

Destaques no DOL