Notícias / Pará

REDES SOCIAIS

Empresa diz que vai tomar providências após paraense desejar a morte de nordestinos

Segunda-Feira, 08/10/2018, 21:33:05 - Atualizado em 08/10/2018, 21:33:05 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Empresa diz que vai tomar providências após paraense desejar a morte de nordestinos (Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

A empresa Aço Belém divulgou uma nota nesta segunda-feira (8) se pronunciando a respeito de um comentários de um funcionário que desejou a morte de nordestinos após o resultado das eleições no domingo (7). A região foi a única onde o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) não venceu nas urnas.

“A empresa Aço Belém comunica que não compactua nem concorda com nenhum tipo de discurso preconceituoso e que incite o ódio e a violência”, diz a nota.

“Informamos também que já foram tomadas as providências cabíveis em relação ao funcionário e a empresa continuará a trabalhar para que situações desta natureza não venham a ocorrer, já que esse tipo de atitude não representa os conceitos e princípios sobre os quais a empresa foi construída e se pauta diariamente”, completa.

Na postagem feita por um representante comercial da empresa, ele reclamada do segundo turno das eleições, louvando torturador e incentivando a violência. “Eu torço para que a seca se abate pelo Nordeste e mate rápido e cedo aquele monte de FDP bolsista que vota no PT”, escreveu ele em um trecho.

Após a repercussão da postagem nas redes sociais, o funcionário apagou o perfil.

(DOL)





Comentários

Destaques no DOL