Notícias / Pará

FÉRIAS DE JULHO

Banhistas aproveitam ao máximo as férias em Outeiro

Terça-Feira, 31/07/2018, 07:36:25 - Atualizado em 31/07/2018, 07:46:07 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Banhistas aproveitam ao máximo as férias em Outeiro (Foto: Irene Almeida/Diário do Pará)
Em plena segunda-feira (30), quando a maioria das pessoas já retornou das férias, mais de 12 mil pessoas curtiram mais um dia de praia (Foto: Irene Almeida/Diário do Pará)

Para aproximadamente 12 mil pessoas que lotaram a Praia Grande, uma das mais procuradas em Outeiro, em Belém, a segunda-feira não foi ainda de fim das férias. Crianças, adultos e idosos aproveitaram cada momento do penúltimo dia de julho no distrito. Nem a chuva que caiu durante a tarde intimidou os veranistas, que não arredaram o pé dos quase 1 km de areia até o final do dia.


(Foto: Irene Almeida/Diário do Pará)

“Faça chuva ou faça sol, as praias de Outeiro são as melhores que existem. Aproveitei a folga do trabalho para reunir a família e amigos”, afirmou o vigilante Jorge Torres. “Já deu para aproveitar bastante. Aqui é muito bom”. Moradora no bairro do Guamá, a aposentada Sueli Ferreira, de 65 anos, foi até os balneários da ilha todos os finais de semana de julho. Ela possui uma casa no distrito e chamou vizinhos, amigos e parentes para se divertir. “A gente adora vir pra cá, mesmo que não seja férias. E hoje [ontem] foi um dia ótimo”, comentou.

A gestora hospitalar Milene Teixeira, 40, matou a saudade da irmã que mora em Outeiro e ainda conseguiu reunir outros parentes num dia de sol. Segundo ela, Outeiro é sinônimo de comodismo, lazer e diversão garantidos. “A gente não tem dificuldade de vir pra cá. Aqui é mais perto do centro da cidade e tem mais opções de transporte. É bem mais tranquilo”. “E ainda dá para aproveitar mais uns dias antes de voltar para a rotina”, completa.


(Foto: Irene Almeida/Diário do Pará)

MOVIMENTO

Mesmo sendo o dia oficial de retorno ao trabalho para muitos, os ambulantes conseguiram lucrar com os veranistas. “No mês de julho, o ritmo de segunda-feira é bem parecido com o de sábado. Por outro lado, muita gente deixa para comprar pouca coisa na praia. As famílias, principalmente, já trazem o alimento e bebida de casa”, destacou Islândia Silva, de 37 anos, vendedora de lanche.

Segundo Rodrigo Monteiro, capitão do Corpo de Bombeiros, culturalmente, a segunda é um dia diferenciado em Outeiro devido às festas que ocorrem e a folga de trabalhadores autônomos. Ele estimou que cerca de 12 mil pessoas foram até a Praia Grande ontem (30), movimento maior que no sábado (28).

Já no último domingo (30), ele acredita que cerca de 22 mil estiveram ali. De acordo com o capitão, foram registradas 4 crianças perdidas nas 5 praias de Outeiro (Paraíso, Barro Branco, Amor, Artista e Grande). Outras ocorrências comuns registradas tratam-se de ferradas de arraia.

(Michelle Daniel/Diário do Pará)



Conteúdo Relacionado:





Comentários

Destaques no DOL