Notícias / Pará

CRUELDADE

Assassino diz que matou empresária asfixiada. Delegado comenta assassinatos. Ouça o áudio!

Sábado, 09/06/2018, 19:11:13 - Atualizado em 09/06/2018, 19:47:58 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Assassino diz que matou empresária asfixiada. Delegado comenta assassinatos. Ouça o áudio! (Foto: Reprodução)
Raylson (à esquerda) segue foragido. Já Maelison (direita) foi preso. (Foto: Reprodução)

Na tarde deste sábado (09), a Polícia Civil informou que Maelison Neves, 19 anos, funcionário de um supermercado localizado na avenida Augusto Montenegro, confessou que assassinou por asfixia a empresária Maria de Nazaré Borges de Alcântara, 60 anos, e sua funcionária, Iranilma Prestes dos Reis. Ele foi preso pela manhã, no Distrito de Icoaraci.

Outro suspeito foi identificado como 'Raylson' e está foragido. Em uma coletiva de imprensa realizada nesta tarde, o delegado Claudio Galeno relatou que a dupla de criminosos abordou Maria de Nazaré e Iranlima após verem as duas saindo do supermercado. Ouça o áudio do delegado:

Lá, Iranlima fez o saque de uma quantia em dinheiro que seria referente a aposentadoria do pai de empresária, que a aguardava em seu veículo. De lá elas seguiriam para o Jardim Sideral, onde seu genitor mora e está doente.

Os corpos foram encontrados em um trecho de difícil acesso, no Distrito de Outeiro. Foto: Via WhatsApp

Após a abordagem, a dupla de assaltantes exigiu que outros saques fossem feitos. Iranlima, no entanto, os reconheceu e informou isto a toso que estavam no veículo.

A reação deles, então, foi mudar a rota e partir em direção ao Distrito de Outeiro, onde mataram a empresária e sua funcionária por asfixia, com ajuda de um cinto.

A crueldade deles não parou por aí: decidiram soterrar os corpos em uma área abandonada, na Alameda Tropical, bairro Água Boa, em Outeiro.

A Polícia segue em diligências em busca de 'Raylson'.

(Com informações da RBA TV)





Comentários

Destaques no DOL