Notícias / Pará

QUAL A SUA OPINIÃO?

Câmara Municipal debate veto à queima de fogos do Sindicato dos Estivadores no Círio

Quinta-Feira, 17/05/2018, 09:05:35 - Atualizado em 17/05/2018, 09:28:10 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Câmara Municipal debate veto à queima de fogos do Sindicato dos Estivadores no Círio (Foto: Celso Rodrigues/Diário do Pará)
Realização da queima de fogos na Praça dos Estivadores volta a ser debatida. (Foto: Celso Rodrigues/Diário do Pará)

A tradicional queima de fogos na Praça dos Estivadores durante o Círio de Nazaré será novamente tema de discussão em sessão especial na manhã desta quinta-feira (17), na Câmara Municipal de Belém, convocada pelo vereador Adriano Coelho (PDT).

A sessão tem como objetivo esclarecer os motivos do veto tanto para os trabalhadores do porto quanto para a população e, discutir soluções que viabilizem a realização da homenagem do Sindicato dos Estivadores.

O debate envolverá não só a categoria do sindicato, como também representantes dos órgãos de segurança pública e comunidade em geral.

A tradicional homenagem ocorre desde 1914 pela então União dos Estivadores de Belém, que mais tarde se transformou no Sindicato dos Estivadores e Trabalhadores em Estiva de Minérios do Estado do Pará.

Homenagem vetada em 2017

Em 2017, a homenagem da categoria não ocorreu porque os órgãos de segurança proibiram a realização da queima de fogos na Praça dos Estivadores, alegando questões de segurança aos romeiros.

Na época, chegou a ser sugerido que a queima de fogos fosse realizada em uma balsa ao largo da orla da cidade, o que não foi aceito pelos trabalhadores.

Quanto ao risco à segurança dos romeiros, o Sindicato dos Estivadores justifica que em mais de 100 anos de realização da homenagem, nunca houve a ocorrência de incidentes durante o evento.

E você, internauta, o que acha da homenagem? Acredita que deveria ser vetada ou não?

(DOL)





Comentários

Destaques no DOL