Notícias / Pará

EM ÁGUAS LINDAS

Suspeita de participar de assalto e baleamento de PM presta depoimento

Quarta-Feira, 16/05/2018, 17:18:15 - Atualizado em 16/05/2018, 17:22:15 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Uma possível envolvida no assalto que terminou com o baleamento do PM Josias Favacho, no bairro de Águas Lindas, no final da tarde desta terça-feira (15), se apresentou na Delegacia de Homicídios, da Polícia Civil do Pará, e presta depoimento na tarde desta quarta-feira (16).

Segundo informações iniciais, a Polícia Civil deve se pronunciar após o fim do depoimento da suspeita.

Assalto e baleamento

O soldado da Polícia Militar (PM) Josias Santos Favacho, 29 anos, foi baleado, no fim da tarde de ontem. O caso aconteceu na rua Osvaldão, na ocupação Olga Benário, no bairro de Águas Lindas, no município de Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém.

De acordo com policiais militares, o soldado não trabalhou ontem e estava numa lanchonete, na rua Osvaldão, na Olga Benário. Nesse momento, dois homens chegaram no estabelecimento e o abordaram a tiros, que o acertaram a cabeça.

O soldado Josias Santos Favacho caiu no chão do estabelecimento ensanguentado, mas ainda em vida. Populares o socorreram e uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que o conduziram ao Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, de Ananindeua (HMUE).

Ainda de acordo com a polícia, os suspeitos levaram a arma que com o militar. Eles subiram na motocicleta e fugiram do local em meio às vielas da ocupação, sem que fossem identificados pelas testemunhas que estavam no momento do ataque.

O soldado Josias é lotado no Batalhão de Polícia Penitenciário (BPoP). Ele estaria na lanchonete, onde sofreu o atentado, fazendo a segurança do estabelecimento, mas a informação não foi confirmada pela polícia.

(DOL)





Comentários

Destaques no DOL