Notícias / Polícia

POPULAÇÃO REVOLTADA

Três jovens são executados na Cabanagem; nenhum deles teria envolvimento com crime

Segunda-Feira, 14/05/2018, 07:51:54 - Atualizado em 14/05/2018, 07:51:54 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Três jovens são executados na Cabanagem; nenhum deles teria envolvimento com crime (Foto: J.R Avelar)
(Foto: J.R Avelar)

Motoqueiros atacaram em dose tripla na noite de sábado (12) no bairro da Cabanagem, Grande Belém. Um militar da Marinha foi morto na rua Damasco com a rua Val-de-Cans e, em seguida, os criminosos mataram dois rapazes na vila Santa Maria. O espaço de tempo entre os crimes foi de uma hora. O tempo chuvoso não diminuiu o ímpeto de dois criminosos que, em uma motocicleta, deixaram o bairro da Cabanagem manchado com o sangue das vítimas. Segundo familiares dos rapazes, eles não tinham qualquer envolvimento com a criminalidade. 

A primeira vítima do ataque sangrento foi Evandro José Gomes Moraes de 18 anos que, segundo familiares, havia ingressado na Marinha há cinco meses e servia no Ciaba da rodovia Arthur Bernardes.

O crime é uma grande incógnita para a polícia. Algumas pessoas acreditavam que o rapaz foi morto por usar o cabelo estilo militar e, por isso, os criminosos podem tê-lo confundido com algum policial militar morador da área e alvo dos bandidos.

DESESPERO

Familiares desesperados não conseguiam entender o tamanho da violência. O rapaz estava na rua Damasco com rua Val-de-Cans conversando com uma mulher quando os criminosos chegaram e abriram fogo. Ele ainda tentou correr, mas acabou caindo e levando mais tiros. 

Cápsulas de pistola foram encontradas por policiais militares do 24º Batalhão e do recobrimento do Comando de Policiamento da Capital. Peritos criminais chegaram em seguida para o levantamento de local de crime enquanto uma equipe da Divisão de Homicídios, sob o comando do delegado Glauco Valentim, fazia as primeiras investigações.

MAIS DOIS MORTOS

Enquanto os policiais trabalhavam nos primeiros levantamentos, um novo informe apontava que os motoqueiros voltaram a atirar, agora em dois rapazes, na frente de uma casa na vila Santa Maria, também no bairro da Cabanagem.

Eles atiraram e mataram Tomas Correa Assunção e feriram gravemente um rapaz ainda não identificado. Ele foi socorrido mas acabou morrendo minutos depois de dar entrado no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, em Ananindeua.

Segundo os levantamentos da polícia no local do crime, os dois mortos não tinham envolvimento com a criminalidade. A comoção tomou conta dos moradores da área, que ficaram revoltados com a ação criminosa.

Os dois homens utilizaram uma pistola para atirar nas vítimas e, pelo que consta, foram os mesmos que executaram Evandro, minutos antes na rua Damasco. Policiais civis da Divisão de Homicídios acompanharam a remoção dos corpos tanto na Cabanagem como no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência.

(J.R Avelar/Diário do Pará)





Comentários

Destaques no DOL