Notícias / Pará

SUSTENTABILIDADE

Quer pagar menos na conta de luz? Doe seu lixo reciclável para a Celpa

Terça-Feira, 03/04/2018, 18:26:52 - Atualizado em 03/04/2018, 18:26:52 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

As Centrais de Energia Elétrica do Pará (Rede Celpa) criou o projeto EcoCelpa que alia sustentabilidade com economia. A ação busca alcançar todos os clientes da empresa.

O objetivo é trocar materiais recicláveis por descontos na conta de energia. Com isso, as organizações pretendem incentivar a coleta seletiva por parte dos seus clientes, sejam pessoas físicas ou empresas.

Além do incentivo, o projeto busca contribuir na geração de uma maior consciência ambiental e permitir aos clientes reduzir o valor de suas faturas de energia.

O projeto pretende atingir, prioritariamente, clientes de baixa tensão, residenciais, de toda a área de concessão da Celpa (que ainda podem doar seus descontos para instituições filantrópicas). Também Clientes comerciais ou industriais (que não podem utilizar os descontos para as suas próprias contas de energia, mas podem direcionar o bônus gerado para instituições beneficentes ou outras Contas Contrato residenciais.

Como funciona

Com sua fatura em mãos, o cliente deve ir até qualquer posto de coleta mais próximo e realizar seu cadastro. No ato, ele irá receber seu cartão EcoCelpa na hora. Caso seja necessário, o cliente receberá instruções sobre os tipos de resíduos que podem ser doados à Celpa.

A seleção do material deverá ser feita na casa do cliente.

No posto de coleta, o atendente irá pesar, separadamente, cada resíduo, por tipo e classe, gerando-se, ao final, o valor do bônus, a ser conferido junto à sua fatura.

Veja onde estão os postos:

Você também pode doar seu bônus a terceiros! Em cada posto, existe uma lista de entidades beneficentes e/ou sem fins lucrativos. O cliente também pode endossar o bônus a uma instituição de sua preferência. Para isso, deve ser indicado o número da conta da instituição.

Veja o material que pode ser trocado:

(DOL)







Comentários

Destaques no DOL