Esporte / Brasil

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Melhor time paraense na Copinha até aqui, Desportiva precisa vencer na última rodada

Segunda-Feira, 08/01/2018, 07:30:21 - Atualizado em 08/01/2018, 07:56:14 Ver comentário(s) A- A+

Melhor time paraense na Copinha até aqui, Desportiva precisa vencer na última rodada  (Foto: Marcelo Lelis/Arquivo)
Os meninos comandando pelo técnico Matheus Lima venceram o Náutico, no último sábado (Foto: Marcelo Lelis/Arquivo)

ADesportiva é a única equipe paraense na Copa São Paulo de Futebol Júnior que conseguiu uma vitória. Foi no último sábado, diante do Náutico-PE, por 1 a 0. O resultado deixa os comandados do técnico Matheus Lima em boa situação, já que agora, para se classificar à segunda fase da competição, o time só depende de si. Basta vencer o Linense pela última rodada, amanhã, e sair para o abraço. O Penapolense, líder do grupo, já garantiu a classificação.

No primeiro tempo, o jogo foi morno e o 0 a 0 não saiu do placar. Na etapa final, aos 31 minutos, o atacante Maranhão recebeu passe em profundidade, dominou a bola, venceu o corpo a corpo com a zaga adversária e bateu no canto do goleiro para marcar o gol da vitória. Três minutos depois, o Náutico teve um jogador expulso e não teve forças para buscar uma reação.

PAPÃO

O time bicolor também entrou em campo no último sábado, mas não comemorou tanto assim. O União Rondonópolis-MT saiu na frente do placar, com Marcelinho, aos 48 minutos do primeiro tempo. O gol de empate também foi no apagar das luzes, mas da segunda etapa. Cayque marcou aos 45 minutos. Os dois clubes agora precisam ganhar na rodada final e ainda torcer por uma combinação de resultados. O Londrina, que venceu o Desportivo Brasil, já está classificado para a segunda fase.

LEÃO

Sem chances de classificação para a segunda fase, às 13h de hoje (horário de Belém), a equipe sub-20 do Clube do Remo realiza o seu último jogo na Copa São Paulo de Futebol Junior, contra o Teixeira de Freitas-BA, no estádio do Canindé, em São Paulo. As duas equipes já estão eliminadas da competição, mas, para o Simba, essa é a ultima oportunidade de não sair zerado do torneio. “Não foi do jeito que queríamos, infelizmente. Mas isso é futebol, não podemos nos remoer. Alguns jogadores sabem como é a competitividade em outros polos e , futuramente isso pode nos ajudar”, disse o técnico Netão, destacando o aprendizado dos garotos.


(Diário do Pará)



Conteúdo Relacionado:





Comentários