Notícias / Elas

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Desidratação infantil aumenta em períodos de calor

Domingo, 07/01/2018, 15:00:40 - Atualizado em 07/01/2018, 15:13:58 Ver comentário(s) A- A+

Desidratação infantil aumenta em períodos de calor (Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Férias, brincadeiras ao ar livre e praia são combinações perfeitas para as crianças nos dias quentes, se não fosse o risco da desidratação infantil, problema que aumenta consideravelmente nessa época do ano e deve deixar em alerta pais e responsáveis pelos pequenos, que ficam mais propensos aos males que a exposição ao sol pode causar.

A desidratação pode ser caracterizada pela perda de água por meio de diarreia, vômito e também pela transpiração. Outros sintomas que devem deixar em alerta pais e responsáveis são urina escura e/ou pouca urina, boca seca, olhos encovados e moleiras com aspecto afundado em bebês. Nesses casos, é importante a procura pelo atendimento médico.

Cuidados

É importante usar roupas mais leves, frequentar ambientes arejados e ingerir água com frequência, pois isso auxilia na hidratação das crianças. Água e sucos são mais saudáveis, evitando o consumo de refrigerantes, por exemplo, que contém gás e produtos químicos.

E, ao contrário do que se pensa, a água pura não é a bebida mais correta quando os sintomas já estiverem mais severos, uma vez que as crianças perdem na desidratação água salgada, com sódio e potássio. Por isso, a terapia via reposição oral feita com o soro, geralmente, é a mais recomendada.

(Com informações da Hapvida) 







Comentários