Notícias / Tecnologia

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Raro espelho chinês de quase 2 mil anos é encontrado intacto no Japão

Sexta-Feira, 05/01/2018, 18:00:03 - Atualizado em 05/01/2018, 18:00:03 Ver comentário(s) A- A+

Raro espelho chinês de quase 2 mil anos é encontrado intacto no Japão (Foto: Espelho chinês feito de bronze considerado extremamente raro foi escavado na região japonesa d)
(Foto: Espelho chinês feito de bronze considerado extremamente raro foi escavado na região japonesa d)
Espelho chinês feito de bronze considerado extremamente raro foi escavado na região japonesa de Fukuoka (Foto: reprodução)

Arqueólogos japoneses escavaram um espelho chinês de 1,9 mil anos tão bem conservado a ponto de exibir, ainda que desbotado, o reflexo de quem o observa. A descoberta extremamente rara foi reportada no jornal local Asahi Shimbun.

A peça mede cerca de onze centímetros e foi manufaturada a partir do bronze por volta do ano 25 e 220 da era cristã. Na história da civilização chinesa, o período corresponde à Dinastia Han Posterior, época marcada por grandes avanços tecnológicos e expansão diplomática — comitivas japonesas visitaram o continente e podem ter levado o espelho.

Leia também:
+ Nova espécie de lagarto é encontrada em estômago de dinossauro
+ Arqueólogos encontram fósseis de antiga população nos Estados Unidos

Foi também nesse tempo que a metalurgia chegou ao Japão, importada de partes da Coreia e da China. Encontrado no sítio arqueológico de Nakashima, na ilha japonesa de Fukuoka, os especialistas acreditam que as condições excepcionais de conservação do objeto se deve à alta umidade do local, que protege o cobre da oxidação.

Segundo o jornal Asahi Shimbun, o objeto contém a inscrição chang yi zisun, que significa "para beneficiar gerações futuras eternamente". Os arqueólogos suspeitam que o espelho era usado para fins ritualísticos e, agora, devem utilizá-lo para ajudar na datação de outros achados do período, como peças de cerâmica e de metal.

Curte o conteúdo da GALILEU? Tem mais de onde ele veio: baixe o app Globo Mais para ver reportagens exclusivas e ficar por dentro de todas as publicações da Editora Globo. Você também pode assinar a revista, por R$ 4,90, e baixar o app da GALILEU.

Fonte: Revista Galileu







Comentários