Entretenimento / Cinema

EDIÇÃO ELETRÔNICA

'Liga da Justiça' estreia hoje nos cinemas com a primeira aventura do grupo

Quarta-Feira, 15/11/2017, 10:23:19 - Atualizado em 15/11/2017, 10:25:15 Ver comentário(s) A- A+

'Liga da Justiça' estreia hoje nos cinemas com a primeira aventura do grupo (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Sem um de seus maiores protetores, Superman (Henry Cavill), morto em “Batman vs. Superman: A Origem da Justiça” (2016), a Terra sofre uma grande ameaça alienígena. O vigilante Bruce Wayne (Ben Affleck) reavalia seus métodos extremos e passa a procurar heróis para formar um time de combatentes do crime que podem defender o planeta de todos os tipos de ameaça. Nasce assim, o primeiro filme da “Liga da Justiça”, dono do trailer mais visto do ano de 2017, com mais de 105 milhões de visualizações ao redor do mundo. Em Belém, a estreia ocorre hoje em várias salas de cinema.

 O lançamento conta com a direção de Zack Snyder, o mesmo de “Batman vs. Superman”, “Superman – O Homem de Aço”, “Watchmen” e “300”, e produtor de “Mulher-Maravilha” (2017). Com o roteirista Joss Whedon, que formulou o grupo da Marvel “Os Vingadores” em dois longas-metragens, e o parceiro Chris Terrio, de “Batman vs. Superman”, ele adaptou a ideia dos quadrinhos de Jack Kirby que, nos anos 1970, criou os denominados “Novos Deuses”. Para o primeiro longa, o time de meta-humanos é formado por Batman, Mulher-Maravilha (Gal Gadot), Aquaman (Jason Momoa), Cyborg (Ray Fisher) e The Flash (Ezra Miller). Eles enfrentam o Lobo da Estepe (Ciaran Hinds), o braço direito do senhor da guerra alienígena, Darkseid, que está procurando três artefatos escondidos na terra. 

 Na capital paraense, Silvio Tadeu, 29, um dos criadores da página “Contexto Nerd”, no Facebook, destaca a expectativa dos fãs depois de algumas mudanças notadas para este filme. “A proposta de marketing, antes muito agressiva, em que se mostrava muita coisa sobre o filme e depois não supria nossas expectativas, mudou. Com a saída das críticas, também houve comentários sobre um dos meus medos, que era a Liga não ser uma equipe. O que temos ouvido é que eles acabaram funcionando muito bem juntos, que o Jason Momoa e Ray Fisher estão brilhantes”, afirma.

Ainda há toda uma memória afetiva que deve ser cultivada através de referências aos desenhos animados feitos com a Liga da Justiça nos anos 2000. Um indício foi o trailer recente, com trilha sonora do desenho de 1989. “Desde a premiere, transmitida ao vivo pelo Youtube, a gente está uma pilha. Vamos na pré-estreia (ocorrida na madrugada de hoje). Uma galera que foi em um evento que organizamos dia 11 comprou ingresso para assistir na mesma sala, todo mundo no mesmo desespero pra ver”, conta Sílvio.

Fãs ligados na reação com as HQs

Os fãs também mantém a expectativa de que a Warner continue sendo muito fiel às referências dos quadrinhos e à origem de cada personagem, como em outras adaptações. “O Zack Snyder lê muito quadrinho, o Ben Affleck também é um aficionado por esse universo, acho que o filme vai estar cheio de ‘easter-eggs’ (as famosas citações “escondidas” ao longo do filme, especialmente para os fãs), referências dos quadrinhos e séries animadas. O que empolga mais a gente para assistir ao filme”, diz Sílvio Tadeu, do Contexto Nerd.

“Nunca saiu um filme da Liga, só por isso já é bem empolgante e deixa muita expectativa do que vem depois”, comenta Ana Paula Castro, 24, esposa do Silvio e também organizadora do Contexto Nerd. Fã da Mulher-Maravilha, ela se considera uma sortuda por viver este momento. “Acho que é a melhor época para ser nerd é agora (risos), porque está tendo essa gama de filmes. A ideia de um filme superar o outro gera expectativa. A gente viu ‘Superman’, ‘Batman’, ‘Mulher-Maravilha’ com bilheteria recorde, e agora todos juntos. E cada vez a gente fica mais exigente, os fãs já não se contentam com pouco”, diz ela.

Por isso também há uma grande preocupação sobre o quanto será abordado neste filme sobre os personagens que ainda não ganharam filmes que destaquem suas origens e universos próprios. E ainda há grande expectativa para a possível sequência, a abertura para mais heróis e quem seriam os novos vilões. Por enquanto, as críticas de quem viu o filme com antecedência têm sido muito favoráveis, mas é claro que essa turma prefere conferir tudo com os próprios olhos.

 

O novo figurino das amazonas causou polêmica (Foto: Divulgação)

Olhar masculino?

O que andou gerando certa polêmica antes da estreia de “Liga da Justiça” não foi bem o enredo. Nas redes sociais, internautas apontaram que, no filme de Zack Snyder, as guerreiras amazonas estão muito mais “sexualizadas” do que no longa da diretora Patty Jenkins, “Mulher-Maravilha” (2017). A razão para isso seria o figurino delas, que, em “Mulher-Maravilha” foi confeccionado pela designer Lindy Hemming, conhecida por trabalhar na trilogia “Batman”. Já em “Liga da Justiça”, tiveram o designer Michael Wilkinson, figurinista de “Batman vs Superman: A Origem da Justiça”.

(Lais Azevedo/Diário do Pará)





Comentários