Notícias / Pará

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Sem manutenção, peixes morrem em lagos da praça Batista Campos

Quarta-Feira, 13/09/2017, 08:56:55 - Atualizado em 13/09/2017, 13:29:25 Ver comentário(s) A- A+

Bancos quebrados, lixeiras destruídas, lagos sujos, pontes danificadas... A Batista Campos, uma das praças mais bonitas de Belém, padece com o descaso do poder público.

Segundo uma moradora que preferiu não se identificar, a situação mais crítica é a dos lagos que compõem a praça, que estão abandonados, repletos de lixo e lodo.

Visualmente, o aspecto verde escuro da água é até bonito. No entanto, a "beleza" engana e pode causar danos e doenças em quem entrar em contato com a água (ou o que restou dela). Além disso, o excesso de detritos já teria causado a morte de alguns peixes.

Veja as imagens dos problemas na Praça Batista Campos

"Passo por lá todo dia. A Prefeitura colocou peixes nos lagos, eles se reproduziram, e agora não dão comida, não fazem limpeza. A água é tão velha que os peixinhos estão morrendo. Eu que levo sobras de comida aqui da empresa em que trabalho, como saladas, para eles, mas são muitos. Com a falta de higienização, eles estão morrendo", desabafou a moradora.

Em nota aop DOL, a prefeitura informou que a praça passará por reformas ainda esse semestre, com a recuperação de lixeiras e bancos.  Com relação a limpeza no local. A prefeitura disse ainda que realiza diariamente a manutenção dos lagos da Praça Batista Campos, e que mantém uma equipe fixa de limpeza no local e diz que não tem conhecimento da mortes de espécies.

(DOL)





Comentários