Notícias / Pará

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Ex-Padre Geffison lançará CD com canções religiosas. Veja o vídeo!

Terça-Feira, 12/09/2017, 12:38:51 - Atualizado em 12/09/2017, 14:30:43 Ver comentário(s) A- A+

Ex-Padre Geffison lançará CD com canções religiosas. Veja o vídeo! (Foto: Divulgação)
Afastado há cerca de um ano da Igreja, o ex-padre Geffison comemorou recentemente três anos de união com sua atual companheira (Foto: Divulgação)

Um dos sacerdotes mais carismáticos dos últimos tempos na Igreja Católica em Belém agora é um cidadão 'comum' e pai de família: o ex-padre Geffison Silva, 33 anos, segue sua vida após abandonar a batina. Mais que isso: em breve deve lançar um CD com canções religiosas.

Desde julho, Geffison está gravando a obra, como é possível ver em publicação de um de seus produtores há mais de dois meses:

Apesar da preparação para o lançamento, o paradeiro de Geffison segue desconhecido. Fontes afirmam que ele estaria em alguma cidade da região nordeste do Pará, vivendo tranquilamente com sua família. Uma das cidades seria São Miguel do Guamá, onde seu pai, Raimundo, mais conhecido como “Chico da Cerâmica”, morreu após um infarto enquanto trabalhava.

O que se sabe de fato é que ele e sua companheira na última semana comemoraram três anos de união. 

Relembre a história 

Em 27 de janeiro de 2016, a Basílica Santuário de Nazaré divulgou, em sua página no Facebook, uma nota, informando que o padre Geffison Silva, tinha sido “afastado de suas atividades para descanso e renovação espiritual”. Em poucos minutos, o assunto já estava sendo comentados por milhares de pessoas nas redes sociais. 

No dia seguinte, começaram a surgir hipóteses sobre o que teria motivado o afastamento do sacerdote. Tanto barulho tinha um forte motivo. O padre Gefisson, um dos mais queridos e respeitados pelos católicos de Belém, estaria sendo acusado de ter engravidado três fiéis. Uma das crianças já teria até nascido, há 1 ano. E fontes de dentro da Igreja reforçavam os casos amorosos do religioso. O mais recente deles teria sido com a fotógrafa Jamile Amorin, responsável por registrar missas realizadas por Geffison. 

Meses depois, uma fonte próxima a ele afirmou que “Eles se casaram e estão felicíssimos”. Na época, a mesma pessoa garantiu que ele largou a batina por causa da atual companheira, informação que a Igreja Católica não confirmava e nem negava. 

Arcebispo comentou caso em 2016

Após três meses do tsunami que atingiu a Igreja Católica em Belém, Dom Alberto Taveira, Arcebispo Metropolitano de Belém, comentou sobre o caso do padre Geffison Silva, 32 anos, durante o programa “A Voz do Pastor” da última segunda-feira (02).

Durante o programa, que tem 15 minutos de duração e vai ao ar todos os dias, Dom Alberto faz a leitura do evangelho e em seguida comenta, relacionando com a vida em missão nas comunidades. Inesperadamente, o assunto foi o escândalo do padre Geffison.

DEPOIMENTO

“Situação dolorosa ocorrida em nossa arquidiocese, quando um sacerdote barnabita deixou o sacerdócio, deixou o ministério. As pessoas cobram a manifestação nossa da igreja. Os padres barnabitas, no primeiro momento se reservaram do direito de não manifestar-se sobre o assunto. Eu quero dizer que o padre em questão, o padre Geffison, tomou a deliberada decisão de abandonar o ministério sacerdotal. Deixou a vida religiosa e deixou o sacerdócio”, detalha. Ele completa lamentando o caso e dizendo que foi muito doloroso para o povo de Deus.

Dom Alberto Taveira comenta a atitude que teve ao saber do possível romance do padre. “Quando eu fiquei sabendo das conversas que rodavam a cidade, eu conversei com o sacerdote, que negou qualquer problema na área, mas na realidade depois se confirmou tudo. Mas é o uso da liberdade dele e não me cabe fazer julgamentos. Deus é que conhece o coração de cada pessoa”. 

(DOL)



Conteúdo Relacionado:



Comentários