Notícias / Tecnologia

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Entenda o seu medo de palhaços

Segunda-Feira, 11/09/2017, 18:00:02 - Atualizado em 11/09/2017, 18:00:02 Ver comentário(s) A- A+

Entenda o seu medo de palhaços (Foto: Pennywise do filme It - A Coisa do Mal (Foto: Divulgação))
(Foto: Pennywise do filme It - A Coisa do Mal (Foto: Divulgação))
Pennywise do filme It - A Coisa do Mal (Foto: Divulgação)

 

A maior parte das pessoas gosta — ou não se importa — de palhaços. Entretanto, há uma parcela que tem muito medo desses "brincalhões". Segundo Dena Rabinowitz, especialista em ansiedade e fobias, há dois motivos para isso.

Em entrevista ao Business Insider, a doutora contou que a primeira razão é que não consguimos ver e decifrar as expressões de pessoas maquiadas como palhaços e, logo, fica difícil compreender o que estão planejando. O segundo motivo é que as pessoas tendem a não confiar em quem está sempre feliz e rindo.

Leia mais:
Horror psicológico: a psicanálise explica nosso fascínio pelo medo
'It: A Coisa': menino se transforma em Pennywise em ensaio assustador

"Para muitas pessoas, o medo de palhaços é parte de um medo mais geral de criaturas mascaradas, [que] em geral é chamado de coulrofobia", escreve Rabinowitz. Isso porque estamos habituados a ver esses personagens em determinados lugares, como o circo, e quando fora de contexto eles se tornam ainda mais assustadores.

Essa fobia, entretanto, não é genética. A médica conta que há uma predisposição à ansiedade, mas a real causa do medo vem de um evento traumático da infância, de outra pessoa que tem a fobia e "passou" para a outra ou de uma crise de ansiedade que ocorreu perto de um palhaço.

Rabinowitz conta que o ideal nessas situações é buscar tratamento, mas apenas pessoas que não conseguem viver direito com a fobia devem fazê-lo: "Se você sai gritando de um cinema porque pode haver um palhaço nele ou você não pode ir em uma cidade porque há um circo, aí sim você realmente precisa procurar tratamento".

A especialista aconselha que quem tem esse medo deve se aproximar aos poucos do que causa a fobia. Segundo ela, aos poucos a angústia e o pavor vão diminuindo. "Observe alguém colocar a maquiagem de palhaço para que você possa ver que eles são apenas seres humanos e ver a progressão deles se transformando em palhaços. Isso é muito mais fácil, e você pode aprender a superar seu medo", aconselha.

Curte o conteúdo da GALILEU? Tem mais de onde ele veio: baixe o app da Globo Mais para ver reportagens exclusivas e ficar por dentro de todas as publicações da Editora Globo. Você também pode assinar a revista, por R$ 4,90 e baixar o app da GALILEU.

Fonte: Revista Galileu





Comentários