Notícias / Veículos

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Aston Martin terá versões híbridas de todos os modelos até 2020

Quinta-Feira, 31/08/2017, 16:25:02 - Atualizado em 31/08/2017, 16:25:02 Ver comentário(s) A- A+

Aston Martin terá versões híbridas de todos os modelos até 2020 (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

CEO da Aston Martin estima que 25 dos modelos da marca serão “eletrificados” dentro de uma década (Aston Martin/Divulgação)

A Aston Martin oferecerá versões híbridas de todos os seus modelos até a metade de 2020. Foi o que afirmou o CEO da empresa, Andy Palmer, ao Financial Times.

A fabricante é mais uma a se render à onda de eletrificação do mercado automotivo na Europa. A maioria das marcas já investem pesado no desenvolvimento de veículos elétricos, mas, até agora, apenas a Volvo afirmou que deixará de produzir carros movidos a combustão a partir de 2019.

Decisão não significa o fim dos modelos a combustão na marca – pelo menos por enquanto (Aston Martin/Divulgação)

No entanto, a diferença é que a Aston Martin não deixará de vender versões movidas a gasolina – pelo menos não por enquanto.

Segundo Palmer, aproximadamente 25% de toda a linha de veículos da Aston Martin será formada por carros totalmente híbridos (como o hiperesportivo Valkyrie) ou elétricos dentro de uma década.

Praticamente um “Fórmula 1 de rua”, o Valkyrie já possui tecnologia de propulsão híbrida (Divulgação/Aston Martin)

O primeiro modelo desta nova era da Aston Martin será uma versão elétrica do Rapide, batizada apropriadamente de Rapid-e, em alusão ao tipo de propulsão do sedã. O carro chegará ao mercado em 2019.

Rapide será responsável por inaugurar a linha de modelos elétricos da marca (Aston Martin/Divulgação)

Vários países do continente europeu sinalizam com a proibição da venda de veículos movidos a combustão nas próximas décadas.

Algumas nações, inclusive, já até determinaram prazo para que isso aconteça: a Alemanha estuda iniciar o veto em 2030, enquanto a França já determinou que fará o mesmo em 2040.

A Noruega foi ainda mais radical e proibirá a venda de veículos movidos a gasolina e a diesel já a partir de 2025.


Arquivado em:Notícias Tagged: Carro elétrico, carro híbrido, Fabricantes, Sustentabilidade

Fonte: Quatro Rodas Abril



Conteúdo Relacionado:



Comentários