Notícias / Pará

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Dia dos Pais deve levar 20 mil visitantes ao Cemitério Santa Izabel

Sábado, 12/08/2017, 07:55:30 - Atualizado em 12/08/2017, 09:40:11 Ver comentário(s) A- A+

Dia dos Pais deve  levar 20 mil visitantes  ao Cemitério Santa Izabel (Foto: Maycon Nunes)
Os preparativos para a celebração de mais um Dia dos Pais já começaram no cemitério (Foto: Maycon Nunes)

Zeladores de sepulturas e vendedores de flores e velas já se preparavam desde ontem para receber o público, estimado em 20 mil pessoas, que deve passar entre hoje e amanhã, Dia dos Pais, pelo cemitério de Santa Izabel, no bairro do Guamá, em Belém. Apesar de estar aberto à visitação durante a sexta-feira, ainda era tímido o movimento de visitantes pelo local.

Monsenhor, chorinho, mini margaridas, olho de gato e rosas. O estoque de flores do autônomo Valber Ribeiro, 43, foi abastecido para atender a clientela. Mas ele que trabalha em frente ao cemitério há mais de 20 anos, com a venda de flores e velas, conta que a renda tem diminuído a cada data comemorativa, já que mantêm os mesmos preços de arranjos, galhos de flores e pacotes de velas há quase dez anos. “Com a crise, tudo aumentou para nós. Mas não repassamos aos clientes, porque antes ganhar pouco do que não vender nada”, atesta.

Com os utensílios de limpeza nas mãos, a zeladora de sepulturas Aldagisa Rodrigues, 51, esperava um fluxo de visitantes maior desde ontem no cemitério, o que não aconteceu. De forma autônoma, ela oferta os serviços de limpeza às pessoas que visitam as sepulturas de familiares enterrados no local. “O movimento está muito fraco. Em outras datas já tinha movimento desde a antevéspera”, comenta a senhora, ao reclamar ainda da limpeza feita pela Prefeitura de Belém no local. “Eles só limpam e mal próximo as datas. Isso afasta os visitantes. Eles deveriam limpar pelo menos uma vez por semana”, pontua a zeladora, acrescentando que fora das datas comemorativas, o cemitério permanece em estado de abandono.

Com familiares e o marido, falecido há dois anos, enterrados naquele cemitério, a comerciante Ester Araújo, 65, é visitante assídua do local. As visitas ocorrem pelo menos três vezes ao mês. Mas quando se trata de datas comemorativas, ela sempre opta por ir na antevéspera, já que o local costuma receber um público grande. “Faço minhas orações e canto meus louvores tranquilamente. A saudade é eterna. Foram 45 anos de casados”, diz.

INSEGURANÇA

Ontem à tarde, não se via guardas municipais de plantão. A falta de segurança é o que mais incomoda. “É sempre assim. Nem visito as sepulturas mais distantes, porque podemos ser surpreendidos a qualquer momento por um criminoso”, lamenta Ester, ressaltando que já escutou vários relatos de assaltos dentro do espaço público.

HORÁRIO

SANTA IZABEL

Sábado: 7h às 17h (administração: 8h).
Domingo: 6h às 17h (administração: 7h).

SÃO JORGE
Sábado e domingo: 7h às 17h (administração: 8h).

SOLEDADE

Sábado e domingo: 7h às 12h.

- O horário de sepultamento para os dois dias será até às 13h.
- A Prefeitura diz que a Guarda Municipal de Belém faz rondas periódicas no Cemitério de Santa Izabel, com videomonitoramento que capta imagens 24 h através de uma câmera com angulação de 360°.

Tabela de preços

- Valor de flores e pacotes de vela no cemitério de Santa Izabel, no Guamá
- Galho flores naturais: R$ 3.
- Valor da unidade de rosa: R$ 5.
- Arranjos de flores: R$ 5.
- Pacotes de velas: de R$ 3 e R$ 4

(Pryscila Soares/Diário do Pará)





Comentários