Notícias / Pará

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Após negociação, rodoviários voltam ao trabalho

Terça-Feira, 20/06/2017, 12:05:02 - Atualizado em 20/06/2017, 12:29:00 Ver comentário(s) A- A+

Após negociação, rodoviários voltam ao trabalho (Foto: Ricardo Amanajás)
(Foto: Ricardo Amanajás)

No final da manhã desta terça-feira (20), um acordo feito entre cerca de 100 funcionários e diretores da empresa Fênix pôs fim à paralisação dos trabalhadores, que começou ainda pela madrugada.

Desde a última segunda-feira (19), o Sintram (Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Ananindeua e Marituba) já havia informado que os funcionários retornariam às atividades somente se tivessem as suas reivindicações atendidas, o que ficou definido em assembleia geral realizada no final da tarde de ontem.

Os trabalhadores relataram que estão com os salários atrasados, além de vários trabalharem de maneira informal, isto é, sem a carteira de trabalho assinada. Há também reclamações sobre não receber o adicional por insalubridade e horas extras.

Segundo Huellen Ferreira, presidente do Sintram, a empresa se comprometeu a assinar, a partir de hoje, as carteiras dos funcionários que não tinham ainda este direito. Além disso, quem ainda não recebia ticket de alimentação, começará a ter acesso ao benefício. Já mecânicos, eletricistas e lavadores, que não recebiam adicional por insalubridade, passarão a ter acesso a este benefício também. 

Com o acordo feito, os rodoviários já voltaram ao trabalho. A empresa é responsável pelas linhas de ônibus 40 Horas-Marituba, Icuí-Cidade-Nova, PAAR-São Braz e PAAR-Ceasa.

A paralisação dos rodoviários afetou cerca de 50 mil pessoas. 

(DOL)





Comentários