Notícias / Pará

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Vantagens em declarar o Imposto de renda

Sexta-Feira, 21/04/2017, 08:49:16 - Atualizado em 21/04/2017, 08:49:16 Ver comentário(s) A- A+

Vantagens em declarar o Imposto de renda (Foto: Divulgação)
A declaração também pode servir como um comprovante de renda para os prestadores de serviço (Foto: Divulgação)

O período de entrega da Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) termina no próximo dia 28, daqui a uma semana. Todos os brasileiros residentes no país que obtiveram renda superior a R$ 28.559,70 em 2016 são obrigados a declarar. Aqueles que são isentos também podem fazer sua declaração voluntariamente. Alguns especialistas apontam vantagens que a declaração pode trazer e mostram em quais casos é interessante declarar sem estar na lista da obrigatoriedade.

De acordo com a contadora Márcia Campelo, a declaração do IRPF é vantajosa para quem presta serviço sem comprovante de pagamento fixo, como quem faz manutenção de fogão e geladeira a domicílio, por exemplo. “A declaração do imposto de renda serve como comprovante de renda e, assim, pode auxiliar caso a pessoa queira alugar um imóvel ou pegar um empréstimo, entre outras situações”, explica Campelo.

RESTITUIÇÃO

Quem recebe abaixo de R$ 28 mil por ano pode ser inserido na lista de obrigatoriedade caso tenha imposto retido. Isso ocorre quando o contribuinte pagou mais imposto do que deveria em 2016 e agora a Receita Federal precisa devolver a quantia. “Por exemplo, se a pessoa pagou um montante de R$ 10 mil e deveria ter pagado apenas a metade, ela deve receber os R$ 5 mil excedentes, mas só poderá ter acesso ao direito se fizer a declaração de IR”, detalha a contadora.

Márcia Campelo explica, ainda, que um cenário em que isso pode acontecer é quando o contracheque do trabalho não considera os dependentes do funcionário e, assim, desconta mais impostos que o devido. O pagamento do dinheiro retido ainda pode ser maior, se levada em consideração a taxa de juros do Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic), que é aplicada a cada mês acima do valor.

(Alice Martins/Diário do Pará)



Comentários