Notícias / Pará

EDIÇÃO ELETRÔNICA

PRFs tapam buracos para evitar acidentes na BR-316

Quinta-Feira, 23/03/2017, 11:24:36 - Atualizado em 23/03/2017, 11:26:01 Ver comentário(s) A- A+

PRFs tapam buracos para evitar acidentes na BR-316 (Foto: Celso Rodrigues/Diário do Pará)
(Foto: Celso Rodrigues/Diário do Pará)

A BR-316 foi palco de uma cena incomum. Na manhã de terça-feira (21), policiais rodoviários federais tapavam 2 buracos no Km 5 da rodovia, no município de Ananindeua. Um pouco antes, naquele trecho, aconteceu um acidente envolvendo um carro e uma motocicleta, provocado por um dos buracos na pista, no sentido Belém-Marituba.

Jesiel Braga, 39 anos, dirigia a moto. Ele foi encaminhado para um hospital particular com suspeita de fratura na costela. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motoqueiro seguia pela faixa de trânsito central quando teve de frear bruscamente para não cair em um buraco na rodovia. Com a freada, o carro que seguia logo atrás bateu na motocicleta.

Enquanto a ambulância do Corpo de Bombeiros era aguardada para atender a vítima do acidente, os policiais da PRF, usando um carro de mão e pedras disponibilizados por funcionários de um órgão público de Ananindeua, taparam os buracos, para evitaroutros acidentes.

Alexandre Tenori, 34 anos, que trabalha como frentista no Km 5 da rodovia, em frente ao trecho onde aconteceu o acidente, disse que já presenciou outras colisões semelhantes. “Os acidentes são constantes. São motos, carros, caminhões e ônibus”, conta.

(Foto: Celso Rodrigues/Diário do Pará)

TRANSTORNO

O agente de endemias, Análio Ricardo, 43, trafega de carro pela rodovia frequentemente. Ele diz que, se não estiver atento, pode cair nos buracos. “A gente precisa diminuir a velocidade por causa dos buracos. Isso gera transtorno porque pode ocasionar engarrafamento”, afirma.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNit) informou que, apesar de ser uma rodovia federal, o trecho que vai do Km 1 até o 18 da BR-316 (Entroncamento com a PA-404) está sob a responsabilidade do Governo do Estado do Pará, devido ao convênio assinado no ano passado.

Já o Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano, do Governo do Estado, disse que uma comissão envolvendo órgãos do Governo e das prefeituras de Belém e Ananindeua foi formada para elaborar planejamento de execução de obras emergenciais neste trecho da BR-316. Diz, ainda, que as ações devem ser realizadas em breve, até que seja concluído o processo licitatório do BRT Metropolitano, cujas obras devem iniciar ainda este ano, segundo a nota.

(Michelle Daniel/Diário do Pará)



Comentários