Notícias / Pará

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Prefeito eleito de Marabá quer renunciar ao cargo

Sexta-Feira, 30/12/2016, 07:08:02 - Atualizado em 30/12/2016, 07:19:50 Ver comentário(s) A- A+

Prefeito eleito de Marabá quer renunciar ao cargo  (Foto: Michel Garcia)
Tião Miranda foi diplomado no último dia 15, em Marabá, e chegou a montar a lista de secretários municipais (Foto: Michel Garcia)

Prefeito eleito nas eleições municipais deste ano, em Marabá, no sudeste paraense, Sebastião Miranda Filho (PTB) deve oficializar hoje a sua decisão de abdicar da cadeira de gestor do município. A notícia foi confirmada por um vereador de confiança ligado à base política do ex-deputado, que prefere não se identificar. O político deve encaminhar a carta de renúncia à presidência da Câmara de Vereadores comunicando sua decisão. Tião Miranda estaria com problemas de saúde que o motivaram a decidir pela renúncia, antes mesmo de tomar posse do cargo. 

 Ao se confirmar a decisão, o vice da chapa vencedora, Antônio Carlos Cunha Sá, deve ser diplomado como prefeito no dia primeiro de janeiro. Não está descartado, porém, que Miranda possa ser convencido a mudar a decisão por familiares e aliados políticos. No entanto, o prefeito eleito tem dito para pessoas próximas que vai renunciar até a manhã de hoje.

 Segundo o vereador, Tião Miranda explica que, aos 60 anos, não estaria mais disposto a enfrentar as adversidades da política, principalmente neste momento em que o País enfrenta sua maior crise econômica, penalizando, principalmente, prefeituras com poucos recursos para fazer frente às demandas crescentes. O prefeito eleito também reflete sobre a necessidade de dedicar-se em tempo integral ao tratamento de saúde ao qual está sendo submetido.

REPERCUSSÃO

A provável confirmação da renúncia de Tião Miranda no meio político de Marabá está deixando seus correligionários tristes. Até mesmo a ex-prefeita de Rondon do Pará, Cristina Malcher, foi ontem à tarde a Marabá para tentar demover a ideia de renúncia do prefeito eleito. Em redes sociais, algumas pessoas chegaram a divulgar na tarde de ontem a hashtag #ficatiao. 

CONSULTOR

Por outro lado, Antônio Carlos Cunha Sá, que pertence ao Rede Sustentabilidade, já avisou que deverá manter os secretários municipais definidos por Tião Miranda, por considerar a equipe técnica e capacitada para exercer as funções que serão atribuídas. Sá também avisou que deverá manter um contato permanente com Miranda, a quem ele reconhece possuir uma “larga experiência” na gestão municipal e deverá contribuir com ele como consultor.

59.416 votos elegeram a chapa Tião Miranda e Antônio Carlos Cunha Sá (na foto) para os cargos de prefeito e vice de Marabá, respectivamente. O total conseguido nas urnas representa 51,64% dos votos válidos. No pleito, Dr. Veloso (DEM), obteve 41,41% dos votos; DR. Jorge Bichara (PV), 4,91% e Professor Rigler (PSol), 2,04% (Foto: Michel Garcia)

PERFIL DE ANTÔNIO CARLOS CUNHA SÁ

- Antônio Carlos Cunha Sá (foto) atuou por sete anos como delegado da Polícia Federal, em Marabá, mas se licenciou do cargo para concorrer na chapa de Tião Miranda à Prefeitura como vice-prefeito, pela sigla Rede Sustentabilidade. 
- No último dia 15 de dezembro, Antônio Sá esteve com o prefeito eleito de Marabá, Sebastiao Miranda Filho (PTB), na cerimônia de diplomação para os cargos que foram eleitos. Logo após a cerimônia, Tião Miranda havia falado sobre as expectativas de seu mandato, a partir de janeiro de 2017.

(Diário do Pará)

Leia também:

Comentários