Notícias / Pará

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Equipes de resgate podem ter identificado lancha

Quarta-Feira, 14/12/2016, 23:43:37 - Atualizado em 14/12/2016, 23:52:28 Ver comentário(s) A- A+

Equipes de resgate podem ter identificado lancha (Foto: Agência Pará)
Helicópteros ajudam nas buscas (Foto: Agência Pará)

No oitavo dia da operação de buscas aos sete desaparecidos, vítimas do naufrágio da embarcação Luar C, ocorrido último dia 7, no rio Pará, entre as cidades de Ponta de Pedras e Barcarena, as equipes do Corpo de Bombeiros Militar e do 4º Distrito Naval da Amazônia Oriental identificaram uma nova “mancha” com as dimensões aproximadas da embarcação que virou por conta da forte maresia. 

As condições da maré e as chuvas que têm ocorrido na região dificultam o trabalho dos mergulhadores na área de buscas. O navio balizador da Marinha com equipamentos de sonar multifeixe, facilita a identificação de objetos em grandes profundidades. A mancha estaria a 27 metros abaixo da superfície.

Na manhã desta quinta-feira (15), as equipes de salvamento reiniciam os trabalhos, ainda concentrados às proximidades do município de Barcarena, provável área do naufrágio da lancha que transportava dezenas de passageiros. O transporte partiu de Belém com destino à cidade de Ponta de Pedras, na região do Marajó. 

A área de buscas foi restringida desde a segunda-feira, 11, de 400 km² para um raio de 2 km por conta da emersão, no domingo passado, de saca de açúcar e lâmpadas, utensílios como canecas e lanternas, mas também salva-vidas e até galinhas. O cenário fez com que a operação redirecionasse o local de salvamento.

(Ascom Polícia Civil)

Leia também:

Comentários