Notícias / Pará

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Sem salários, terceirizados protestam no PSM da 14

Quarta-Feira, 07/12/2016, 10:51:12 - Atualizado em 07/12/2016, 11:42:15 Ver comentário(s) A- A+

Sem salários, terceirizados protestam no PSM da 14 (Foto: Via WhatsApp)
Os trabalhadores fazem protesto na frente da unidade de saúde. (Foto: Via WhatsApp)

Dezenas de funcionários da empresa Brasil Serviços Gerais fazem um ato em frente ao Hospital e Pronto Socorro Municipal Mário Pinotti, o PSM da 14, desde o início da manhã desta quarta-feira (07).

De acordo com um dos funcionários, o motivo da manifestação é atraso salarial. "Tem trabalhadores que não receberam outubro, novembro, dezembro e nem a primeira parcela do 13º. Tem gente que está devendo pensão e ficou com nome sujo, por causa disso", desabafou.

Ainda segundo ele, o atraso seria motivado pelo não repasse dos recursos pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesma). "Nosso protesto não é contra empresa, mas sim contra a Sesma, que não vem repassando os valores", explicou.

O protesto é pacífico e os manifestantes seguem aguardando algum posicionamento da Sesma sobre o caso. Enquanto isso, prometem não sair do PSM da 14, local em que trabalham.

A reportagem do DOL entrou em contato com a Sesma para saber o posicionamento da secretaria sobre o caso.

(DOL)

Leia também:

Comentários