Notícias / Pará

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Taxistas protestarão contra app de transporte

Sábado, 19/11/2016, 08:56:04 - Atualizado em 19/11/2016, 16:28:51 Ver comentário(s) A- A+

Taxistas protestarão contra app de transporte (Foto: Ney Marcondes)
(Foto: Ney Marcondes)

Taxistas da Região Metropolitana de Belém (RMB) farão uma manifestação, amanhã, no Portal da Amazônia, em Belém, contra a atuação de motoristas credenciados a aplicativos como o Yet Go e o Uber. As plataformas permitem o uso de carros particulares para o exercício de atividade remunerada com o transporte de passageiros. Marcado para ocorrer a partir das 9h, o ato foi mobilizado pela categoria, por meio das redes sociais. Na RMB, está disponível na plataforma Android o aplicativo Yet Go, concorrente do Uber. Para o sistema IOS, a previsão de lançamento é no próximo dia 22. A notícia desagradou taxistas. 

Projeto

Segundo o diretor de imprensa e comunicação do Sindicato dos Taxistas de Belém, Francisco Neto, o Projeto de Lei nº 5587/2016, que proíbe a atuação deste tipo de aplicativo no Brasil deve ser votado no próximo dia 7, na Câmara dos Deputados. Neto disse que a entidade tem atuado junto às autoridades para que o PL seja sancionado. “Pedimos o apoio dos deputados federais do Pará para aprovar o projeto em Brasília”. Segundo ele, a categoria também tem sentido a crise econômica. “Para selar um táxi, nós temos de passar por mais de 10 órgãos. Também somos obrigados a fazer cursos e arcar com os custos para ter uma Carteira de Habilitação remunerada”.

Publicitário diz que foi alvo de ameaças 

O publicitário e youtuber paraense David Mafra, 36, registrou um Boletim de Ocorrência (BO), ontem, na Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), em Belém. O humorista fez propaganda sobre o aplicativo Yet Go no YouTube e em redes sociais e teria sido alvo de ameaças.

À polícia, David relatou que foi informado por terceiros de que ele e a sua família estariam sendo ameaçados. “Pessoas que fazem parte de grupos de taxistas no WhatsApp e que acompanham meu trabalho printaram conversas e encaminharam áudios em tom de ameaça a mim e minha família”, disse David.

O delegado Thiago Dias disse que o caso será investigado. Mesmo sem ter conhecimento do fato, o diretor de imprensa do Sindicato dos Taxistas Francisco Neto afirmou que a entidade repudia qualquer ameaça que supostamente seja feita por taxistas.

Foto: Fernando Araújo

(Pryscila Soares/Diário do Pará)

Leia também:

Comentários