Notícias / Pará

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Ordem de serviço para a pavimentação sairá dia 2

Sexta-Feira, 11/11/2016, 08:04:14 - Atualizado em 11/11/2016, 08:04:14 Ver comentário(s) A- A+

Ordem de serviço para a pavimentação sairá dia 2 (Foto: Divulgação)
Deputado Lúcio Vale (à esq.) e os ministros Helder Barbalho e Maurício Quintella, em reunião recente. (Foto: Divulgação)

Os ministros da Integração Nacional, Helder Barbalho, e dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, assinam, no dia 2 de dezembro, a ordem de serviço para o início do asfaltamento da rodovia BR-308, no trecho entre os municípios de Bragança e Viseu. Já foram liberados R$ 18 milhões pelo governo Federal para início da obra, cujo valor total é de R$ 144.7 milhões. O evento vai ser realizado nos 2 municípios, principais atendidos com o asfalto na rodovia.

Durante mais de 40 anos a população da região Nordeste do Pará, na área que abrange os municípios de Bragança, Augusto Corrêa e Viseu, lutou pelo asfaltamento da BR-308. A pavimentação vai beneficiar mais de 220 mil pessoas.

PARCERIA

Desde 2007, quando assumiu o primeiro mandato na Câmara Federal, o deputado Lúcio Vale (PR) luta pela pavimentação do trecho de pouco mais de 115 quilômetros. Em parceria com o ministro Helder Barbalho – único representante do Pará no governo federal –, Vale conseguiu viabilizar a obra, que terá 2 trechos, um partindo de Viseu e outro de Bragança. O presidente Michel Temer foi sensível a esta importante causa da população do Nordeste do Pará”, revelou Lúcio. Segundo ele, o período para construção será de 2 verões. A licitação para a obra já foi realizada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). 

“Este é o sonho de uma região extremamente próspera que vive a expectativa histórica de ter o asfalto, que vai permitir mais crescimento e desenvolvimento à região. É um sonho de muitos anos e hoje estamos aqui comemorando essa importante ação do presidente Michel Temer pelo Pará”, destacou Helder Barbalho.

RECURSOS

Já foram liberados R$ 18 milhões pelo Governo Federal para início da obra, cujo valor total é de R$ 144,7 milhões.

(Luiza Mello/Diário do Pará)

Leia também:

Comentários