Notícias / Pará

EDIÇÃO ELETRÔNICA

MST faz manifesto e ocupa sede do Incra em Belém

Quarta-Feira, 20/04/2016, 10:18:21 - Atualizado em 20/04/2016, 16:53:02 Ver comentário(s) A- A+

MST faz manifesto e ocupa sede do Incra em Belém (Foto: via Whatsapp)
(Foto: via Whatsapp)

Membros do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) fizeram um ato em frente ao Tribunal de Justiça do Estado do Pará (TJPA), na manhã desta quarta-feira (20), no bairro do Marco, em Belém, em protesto contra crimes e assassinatos no campo e contra a paralisação na reforma agrária.  Os manifestantes seguiram em caminhada para a sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e ocuparam o prédio.

De acordo com Ulisses Manaças, coordenador do movimento, a ocupação é uma forma de pressionar os representantes do Incra para que eles se posicionem sobre as reivindicações do movimento. Não há previsão dos integrantes deixarem o prédio.

"Vamos ocupar o prédio por tempo indeterminado, até que alguém nos chame para conversar. Queremos soluções para os crimes no campo que não são julgados, além da reforma agrária que está parada. O governo não mostra interesse pelas nossas reivindicações e, por isso, ficaremos de prontidão com o movimento", disse Ulisses Manaças.

Foto: via Whatsapp

A Tropa de Choque e a Rondas Ostensivas Táticas Metropolitana (Rotam) estão no prédio do Incra para manter a ordem.

Em nota, o Incra informou que a negociação feita com lideranças do movimento social rural foi pactuado a criação de um grupo de trabalho composto por representantes do MST e técnicos da Superintendência Regional do Incra para negociar as demandas pautadas. Duas reuniões do grupo já foram agendadas para segunda (25) e quarta-feira (27). 

(DOL)

Leia também:

Comentários