Notícias / Pará

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Chuva atrapalha Marcha para Satanás em Belém

Domingo, 17/01/2016, 19:35:28 - Atualizado em 18/01/2016, 19:08:46 Ver comentário(s) A- A+

Chuva atrapalha Marcha para Satanás em Belém (Foto: Reprodução/Facebook)
Participantes aguardam a chuva passar no Theatro da Paz (Foto: Reprodução/Facebook)

A chuva que caiu na tarde deste domingo (17) espantou os participantes da Marcha Para Satanás, que estava prevista para ser realizada às 16h, com concentração no Bar do Parque.

A Marcha pedia o "fim da influência teocrática em todas as instâncias do Estado supostamente laico", segundo publicado no Facebook. 591 pessoas haviam confirmado presença.

Conforme a descrição na rede social, esse seria o terceiro ano do evento em Belém.

Os organizadores pediam aos participantes da Marcha para Satanás não pregarem ódio contra homossexuais, mulheres e trans; deviam levar os pentagramas e cartazes feitos em cartolina para depois serem mandados para a reciclagem.

“Pessoas que foram transar entre si tudo bem, desde que seja em comum acordo, ao contrário de cristãos, condenamos qualquer tipo de abuso e estupro”, também pediam os organizadores.

“Por problemas com a Sociedade Protetora dos Animais, o sacrifício está proibido, a não ser que você sacrifique Pokémons de pelúcia”.

POSIÇÕES

Na página do evento, muitos defensores da Marcha e gente contrária.

“Eu como crente da igreja católica apoio essa manifestação. O Brasil, mesmo que não pareça muito, é um estado laico. Essa marcha tem uma importância política muito importante, talvez possa até mudar a mente de muitas pessoas que ignoram e ofendem tais praticantes do satanismo. Eu também gostei muito quando soube que os satanistas repudiam os homofóbicos, tal coisa que os evangélicos não fazem. Pregam o amor ao próximo, mas mandam pro inferno qualquer um que os contrariar”, escreveu Thiago Freire.

“Lugar de derrotado é do lado de derrotado. Então, deixem esse pessoal adorar um derrotado. Satã já perdeu a batalha no céu, já perdeu aqui na terra, já perdeu o poder deste mundo, já perdeu pra igreja, já perdeu pra humanidade porque queria ser a imagem de Deus e só quem ama a Deus é a imagem dele”, criticou Ricardo Leon.

A MARCHA

A Marcha para Satã foi realizada em outras capitais do país. Em São Paulo, cerca de 150 manifestantes percorreram a avenida Paulista.

(DOL)

Leia também:

Comentários