Notícias / Pará

EDIÇÃO ELETRÔNICA

O Ano Novo já começou!

Quinta-Feira, 31/12/2015, 23:26:43 - Atualizado em 01/01/2016, 02:01:30 Ver comentário(s) A- A+

O Ano Novo já começou!  (Foto: Reprodução/Twitter)
Queima de fogos no Rio de Janeiro teve motivos olímpicos anunciando os Jogos Rio 2016. (Foto: Reprodução/Twitter)

Na capital paraense, a população se dividiu para acompanhar a chegada do Ano Novo na Avenida Almirante Barroso, no bairro do Marco, na Estação das Docas, no bairro da Campina, e no Portal da Amazônia, no bairro do Jurunas.

Tradição há 25 anos, os Fogos na Torre, uma realização do Grupo RBA, atraiu milhares de pessoas para a Avenida Almirante Barroso, que contou com 15 minutos de fogos e transmissão ao vivo pela RBATV, e música pela 99FM, desde às 23h desta quinta-feira (31).

Foram usados cerca de 40 mil fogos de artifício, entre girândolas, caqes e candelas romanas, além de duas cascatas, instaladas no portal de entrada do prédio e na torre mais famosa de Belém.

Na Estação das Docas, o Ano Novo foi recebido com cerca de três toneladas de fogos, disparados de um balsa na Baía do Guajará. Milhares de pessoas marcaram presença.

A música e diversao foi garantida por bandas locais e uma escola de samba, desde às 21h, em dois palcos.

Finalmente, no Portal da Amazônia, milhares de pessoas acompanharam os 15 minutos de fogos disparados a meia-noite, de uma balsa no rio Guamá.

Bandas locais, uma aparelhagem e uma bateria de escola de samba garantiram a animação e boas-vindas do novo ano.

PELO BRASIL

Várias cidades brasileiras que adotam o Horário de Verão comemoram a chegada do ano de 2016 uma hora mais cedo.

Toda a região Sul e Sudeste, o Estado de Goiás e o Distrito Federal receberam o ano novo com muita festa.

Na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, uma grande multidão acompanhou a queima de várias toneladas de fogos.

O mesmo ocorreu na Avenida Paulista, em São Paulo, que virou um grande palco.

O Brasil possui um total de quatro fusos-horário neste período, chegando a uma diferença de até três horas.

(DOL)

Leia também:

Comentários