Notícias / Pará

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Bombeiros orientam sobre cuidados com o fogo

Quarta-Feira, 14/10/2015, 18:12:02 - Atualizado em 14/10/2015, 18:34:47 Ver comentário(s) A- A+

Bombeiros orientam sobre cuidados com o fogo (Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Até o momento, o Corpo de Bombeiros do Pará já registrou 1.614 casos de incêndio no estado do Pará, a maioria foi em medidores, transformadores e fiação elétrica da Região Metropolitana de Belém. Casos de incêndio em residência também lideram as estatísticas, são 357. 

O horário de maior incidência é de 20h as 24h. Dezoito pessoas já morreram, sendo a maioria na faixa etária de 18 a 39 anos. Segundo o Major Arthur Vieira, do Primeiro Grupamento de Bombeiros Militar, fatores como instalações elétricas antigas e clima estão associados às causas da maioria dos acidentes. “O fato de muitas pessoas não qualificadas também mexerem em eletricidade é um fator agravante”, completou.

Um dos casos que mais vem chamando a atenção no momento é o incêndio no município de Breves, na Ilha do Marajó. O fogo na antiga serraria Madenorte começou ao meio-dia do sábado (10). Apesar de estar desativado, o galpão ainda guarda muitos restos de madeira, material de fácil combustão, o que facilitaria que as chamas se alastrem pela área do entorno. De acordo com o Major Arthur, o 1º GBM de Belém enviou um caminhão com 15 mil litros de água para ajudar no combate as chamas. A cidade também vai receber um contingente de onze militares, entre os quais um oficial e dez praças, para auxiliar nos serviços de combate às chamas.

Ainda de acordo com ele, o calor e o vento acabam proporcionando maiores chances de incêndio. Segundo os dados do Corpo de Bombeiros, incêndio deste tipo, em mata e/ou floresta, já aconteceram 32 vezes este ano.Buscando evitar que novos acidentes sejam registrados, o militar aproveita para dar dicas de cuidados simples, mas que ajudam na prevenção do incêndio:

- Ao faltar luz, acenda uma vela em um prato com água

- Ao sentir cheiro de gás, nunca acenda a luz. Se der, abra a janela, saia do local e chame o bombeiro

- Nunca acumule extensões em uma tomada. Opte por usar um filtro com disjuntor

- Ao ver um poste pegando fogo, desligue tudo da tomada e chame a emergência

- Se cair um fio de alta tensão no meio da rua, permaneça dentro do carro e ligue para o bombeiro. Se estiver andando pela rua, afaste-se imediatamente.

(DOL com informações da Agência Pará)

Leia também:

Comentários