Notícias / Pará

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Reunião deve definir rumo da greve dos peritos

Quarta-Feira, 16/09/2015, 13:56:09 - Atualizado em 16/09/2015, 15:08:15 Ver comentário(s) A- A+

Reunião deve definir rumo da greve dos peritos (Foto: Daniel Costa / Diário do Pará)
Dependendo dos rumos da audiência, os peritos do Estado deverão decidir se mantém ou encerra a greve. (Foto: Daniel Costa / Diário do Pará)

Próximo de completar um mês da greve dos peritos do Estado do Pará, representantes da Associação de Peritos Oficiais do Pará (Aspop) irão se reunir nesta quinta-feira (17), às 14h, com o chefe da Casa Civil do governo do Estado, José Megale, em uma audiência para tratar sobre as reivindicações da categoria.

Dependendo dos rumos da audiência, os peritos do Estado deverão decidir se mantém ou encerram a greve.

“Esse ano nós já tivemos quatro reuniões com o secretário de segurança pública do Estado e nenhuma proposta foi apresentada pelo governo. Agora, fomos chamados para esta reunião, e dependendo do que nos for apresentado, vamos organizar uma assembleia para definir a categoria aceitará a proposta ou não”, explicou o presidente da Aspop, Aldecy Moraes.

De acordo com um levantamento feito pela Aspop, o Pará está na última colocação com o pior salário da Amazônia Legal.

“O impacto da implementação da nossa principal reivindicação, a política de remuneração, seria de apenas 0,015% no orçamento mensal, valor irrisório diante das perda acumuladas pela categoria, tanto que a remuneração dos peritos está em último lugar entre os estados da região norte e apresenta-se em 23º lugar no ranking nacional”, acrescentou Aldecy.

A categoria reivindica a implantação da remuneração escalonada, com aumento salarial anual de 32%, entre os anos de 2015 a 2018, além de melhores condições de trabalho.

(DOL)

Leia também:

Comentários