Notícias / Pará

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Lista de ameaçados teria deputados e promotor

Terça-Feira, 30/06/2015, 12:21:55 - Atualizado em 30/06/2015, 18:51:25 Ver comentário(s) A- A+

Lista de ameaçados teria deputados e promotor (Foto: DOL)
(Foto: DOL)

Os deputados Edmilson Rodrigues (PSOL) e Carlos Bordalo (PT) e o promotor de justiça Armando Brasil estariam na lista dos marcados para morrer por grupos que comandam milícias no Pará.

Bordalo (PT) revelou que foi avisado de que ambos estariam ameaçados por integrantes de grupos de extermínio investigados em janeiro passado, na CPI da Assembleia Legislativa do Pará. Edmilson foi o autor da CPI e Bordalo, o relator. A CPI denunciou civis, empresários, policiais e ex-policiais.

"Provamos que esses grupos de extermínio, essas milícias armadas, são vinculadas ao tráfico de drogas e ao tráfico de armas, bem como, ao contrabando. Conseguimos que o Ministério Público denunciasse 15 envolvidos. Essa ousadia, de colocar o dedo na ferida desta barbárie, fez com que os criminosos reunissem e, agora, ameaçam de morte aqueles que os investigaram. As nossas vidas estão ameaçadas, mas o crime não pode prosperar", afirmou Edmilson.

O deputado ainda afirmou que irá usar a força institucional de seu mandato e as força dos movimentos sociais para cobrar providências. "Estou procurando autoridades, o Ministério Público, o Ministério da Justiça, o Poder Judiciário e a própria Secretaria de Segurança Pública do Pará para que investiguem profundamente e que ponham os bandidos na cadeia", finalizou.

(DOL)

Leia também:

Comentários