Advogado faz greve de fome em Xinguara

Quarta-Feira, 09/04/2014, 09:40:26 - Atualizado em 09/04/2014, 09:40:26 5 comentários

Tamanho da fonte: A- A+
Advogado faz greve de fome em Xinguara (Foto: FOTO: DIVULGAÇÃO )
O advogado Rivelino Zarpellon iniciou a greve de fome nesta terça-feira (8) em Xinguara (Foto: FOTO: DIVULGAÇÃO )

Com uma tenda montada em frente ao Fórum de Xinguara, no sul do Estado, o advogado Rivelino Zarpellon, ex-presidente da Subseção da OAB de Xinguara e atual juiz do Tribunal de Ética e Disciplina da OAB/Pará, iniciou nesta terça-feira (8), uma greve de fome.

Segundo o advogado o protesto é pelo fim das injustiças e corrupção no poder judiciário de Xinguara, praticadas pelo juiz da comarca José Admilson Gomes Pereira. "A greve só terminará após o afastamento do juiz, não podemos aceitar práticas ilegais na nossa justiça", disse Rivelino.

 juiz José Admilson Gomes Pereira, responsável pela comarca de Xinguara, estaria utilizando-se  da função para tráfico de influência e venda de sentenças, segundo o advogado Rivelino. Além de práticas ilegais como ostentação de arma de fogo durante audiências como forma de intimidação e utilização da segurança pública em benefício próprio.

"Com autorização do juiz, os advogados são barrados por policias ao tentar ter acesso à sala de audiências, e somente após o policial receber autorização do Juiz, é que os advogados podem adentrar", contou Rivelino. De acordo com o presidente da OAB em Xinguara, Cícero Sales, as denúncias feitas pelo advogado foram encaminhadas representações para corregedorias do Tribunal de Justiça do Pará e CNJ. “Nós agora vamos cobrar das corregedorias reposta às representações encaminhadas, são denuncias graves que merecem atenção” avaliou.

Procurado pela reportagem o juiz informou que não iria se pronunciar sobre o caso e a equipe também não conseguiu retorno às ligações realizadas para a asssessoria do Tribunal de Justiça do Estado do Pará.

(DOL, com informações da Sucursal Marabá)

Faça seu comentário. Clique aqui!

5 Comentários

Mais de Pará

Leia mais notícias de Pará. Clique aqui!

EDIÇÃO ELETRÔNICA