Notícias / Mundo

PRESTES A CHEGAR

Dependência de smartphones trará Anticristo à Terra, afirma líder religioso

Quarta-Feira, 09/01/2019, 10:56:47 - Atualizado em 09/01/2019, 11:38:17 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Dependência de smartphones trará Anticristo à Terra, afirma líder religioso (Foto: Getty Images)
(Foto: Getty Images)

O líder da igreja Ortodoxa Russa, Kirill, alertou que a dependência de smartphones e da tecnologia moderna pode trazer o anticristo à Terra. 

Vários usuários reagiram à declaração do religioso com muito humor e ceticismo nas redes sociais, enquanto outros acusaram a igreja de "servir ao governo". 

Durante uma entrevista à rede de televisão estatal russa, o patriarca disse que quem usa smartphone deve ter cuidado ao utilizar a "internet móvel", pois representa "uma oportunidade de ganhar controle global sobre a raça humana". 

"O Anticristo é a pessoa que estará à frente da internet, controlando toda a humanidade", afirmou.

"Toda vez que você usa seu gadget (dispositivos como celulares, tablets e laptops), quer você goste ou não, quer você habilite ou não a localização, alguém pode descobrir exatamente onde você está, saber exatamente quais são seus interesses e do que você tem medo", disse o religioso ao canal Rossiya 1.

"Você imagina o poder que estará concentrado nas mãos daqueles que ganham conhecimento sobre o que está acontecendo no mundo? Esse controle de um ponto é um presságio da vinda do Anticristo", ressaltou Kirill.

Ele afirmou que sua igreja não é contra o "progresso tecnológico", mas é contra desenvolvimento de um sistema que visa controlar a identidade de uma pessoa.     

No entanto, nem todos os internautas estavam convencidos nas redes sociais. "A Igreja não é contra a ciência e o progresso tecnológico, mas está preocupada com a liberdade do indivíduo. Aham, claro", brincou um usuário do Twitter.

 

 

"Sorria, o Anticristo está prestes a chegar", tuitou outro, publicando a foto de uma mulher tirando uma selfie com Kirill e outros representantes da igreja.

 

 

(Com informações da BBC)



Conteúdo Relacionado:





Comentários

Destaques no DOL