Notícias / Mundo

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Código secreto entre rei espanhol e militar é revelado após 500 anos

Quinta-Feira, 08/02/2018, 09:00:06 - Atualizado em 08/02/2018, 09:00:06 Ver comentário(s) A- A+

Código secreto entre rei espanhol e militar é revelado após 500 anos (Foto: Trecho de carta desvendada por pesquisadores (Foto: Divulgação/CNI))
(Foto: Trecho de carta desvendada por pesquisadores (Foto: Divulgação/CNI))
Trecho de carta desvendada por pesquisadores (Foto: Divulgação/CNI)

No início do século 16, quase 450 anos antes que a máquina Enigma trasmitisse informações em código para o Exército Nazista, líderes militares também tinham o seu jeitinho para trocar mensagens de maneira criptografada. Com um código baseado em mais de 200 símbolos, cartas trocadas pelo rei espanhol Fernando II de Aragão e o nobre Gonzalo Fernández de Córdova foram finalmente desvendadas por especialistas do serviço de inteligência da Espanha. 

Os textos foram produzidos entre 1502 e 1503, quando as casas reais espanholas e francesas batalhavam pelo controle do Reino de Nápoles, na Itália. A partir de símbolos como triângulos, raios e diferentes números, o código estabelecido entre Fernando II e Córdova — que chefiava a operação militar espanhola — permitia ao monarca ter conhecimento das atualizações das batalhas e dar ordens específicas a respeito do envio de tropas e da administração dos recursos.

Para quebrar o código, os especialistas contaram com um pequeno vacilo dos espanhois: um trecho de uma das cartas estava escrito em linguagem normal, o que possibilitou a realização de associações e comparações para entender o mecanismo dos símbolos. De acordo com o órgão de inteligência da Espanha, determinados símbolos correspondiam a letras ou palavras inteiras — para confundir possíveis inimigos que interceptassem as correspondências, algumas marcações na carta não tinham significado algum. 

Cartas trocadas pelo rei espanhol (Foto: Divulgação/CNI)

Os especialistas afirmam que desvendar esse código possibilitará que outros documentos escritos em linguagem secreta também sejam revelados: durante períodos de guerras, a correspondência entre reis e líderes militares era contínua. 

Liderados por Gonzalo Fernández de Córdoba, conhecido como o "Grande Capitão", as tropas espanholas avançaram sobre os territórios do sul da Itália e impuseram derrotas aos franceses. O Reino de Nápoles foi anexado à Coroa Espanhola e Córdoba tornou-se vice-rei da Sícilia.  

Já Fernando II de Aragão, apelidado de "O Católico", passou à História como o monarca que patrocinou as primeiras expedições que dariam início às Grandes Navegações e promoveriam a conquista da América. Católico fervoroso, ele também deu início à Inquisição Espanhola para expandir o domínio cristão após o período de ocupação muçulmana em parte da Península Ibérica. 

Curte o conteúdo da GALILEU? Tem mais de onde ele veio: baixe o app da Globo Mais para ver reportagens exclusivas e ficar por dentro de todas as publicações da Editora Globo. Você também pode assinar a revista, por R$ 4,90 e baixar o app da GALILEU.

Fonte: Revista Galileu







Comentários