Notícias / Mundo

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Indonésia aprova castração química para pedófilos

Quinta-Feira, 13/10/2016, 19:42:53 - Atualizado em 14/10/2016, 00:11:02 Ver comentário(s) A- A+

Indonésia aprova castração química para pedófilos (Foto: Reprodução)
Em maio deste ano, após um estupro coletivo, uma menina de 14 anos morreu (Foto: Reprodução)

A pena de morte e a castração química contra pedófilos foram aprovadas pelo Parlamento da Indonésia, país localizada no sudeste asiático. A informação foi publicada em vários veículos de imprensa locais, nesta quinta-feira(13).

O governo do presidente Joko Widodo foi o responsável pela proposta. A medida prevê o uso de aparelhos eletrônicos de rastreamento para criminosos colocados em liberdade após cumprir suas penas. Segundo o jornal da capital "Jakarta Globe", o regulamento aprovado na última quarta-feira(12), gerou controvérsias na Câmara com a oposição de três partidos políticos, que obrigou a debater a série de medidas durante os últimos dois meses. 

Outros partidos permanecem "indecisos" por conta da falta de explicação do Executivo em relação ao procedimento da castração química. Associações médicas da Indonésia expressaram suas objeções éticas pelo uso do castigo. O presidente Joko propôs a mudança legislativa, em maio deste ano, após um estupro coletivo a uma menina de 14 anos e seu posterior assassinado em uma escola da ilha de Sumatra, no oeste do país.

(Com informações de UOL)

Leia também:

Comentários