Notícias / Brasil

DESEJO DE CASAR

Site de namoros oferece assinatura Platinum para ministra Damares Alves

Terça-Feira, 11/06/2019, 19:37:58 - Atualizado em 11/06/2019, 20:00:31 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Site de namoros oferece assinatura Platinum para ministra Damares Alves (Foto: Fabio Pozzebom/Agência Brasil)
A proposta foi oferecida para a ministra após ela anunciar interesse em arrumar um namorado (Foto: Fabio Pozzebom/Agência Brasil)

Uma plataforma de namoros aproveitou a semana especial do Dia dos Namorados para oferecer à ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos) uma assinatura Platinum, modalidade vitalícia do serviço.

A proposta foi oferecida após Damares anunciar interesse em arrumar um namorado. “Eu, por exemplo, sou de uma família atípica. Sou uma mulher solteira. Solteira não, divorciada, abandonada, querendo casar. Até já tirei a foto para o Tinder. Cortei o cabelo. Ia para o Tinder de ministro, mas aí que só sobra um. E eu acho que ele é divorciado. Aí eu ía para o Tinder de milionário, não pode. Tem de ter no mínimo US$ 200 milhões no fundo”, disse a ministra recentemente.

Para interagir, a Sugar Mommy (perfil feminino) tem que desembolsar até R$ 799 por mês, mas a assinatura oferecida é a mais completa de todas: tem até checagem de antecedentes criminais.

É necessário preencher itens como altura, tipo de corpo, etnia, nível escolar, salário, renda anual, valor do patrimônio total, se tem filhos ou não, estilo de vida, localização e o que espera nos encontros. Somente após isso é que a equipe irá avaliar se está de acordo com os termos e valores, posteriormente a pessoa vai para uma fila de espera.

Atualmente existem mais de 700 mil perfis ativos em todo o Brasil, além de membros do exterior. Somente no Distrito Federal são mais de 20 mil - número considerado significativo em relação às demais capitais.

LEIA MAIS:

Homem é o líder do casamento na concepção cristã, afirma ministra Damares

Damares 'se assanha' para Túlio Gadêlha: 'Como ele é lindo meu Deus!'

(Com informações do Metrópoles)



Conteúdo Relacionado:





Comentários

Destaques no DOL