Notícias / Brasil

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Após ser agredida, mulher pede a juiz que não mande seu marido para a prisão; Assista

Quarta-Feira, 15/05/2019, 11:24:27 - Atualizado em 15/05/2019, 12:47:09 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Após ser agredida, mulher pede a juiz que não mande seu marido para a prisão; Assista  (Foto: Reprodução/internet)
Na época, os vizinhos flagraram a mulher sendo agredida na rua pelo marido (Foto: Reprodução/internet)

Um caso chocante de violência doméstica foi registrado em Huánuco, cidade do Peru, nos últimos dias, quando um sujeito foi pego em flagrante por seus vizinhos agredindo a esposa fora de sua casa.

Porém, o que surpreendente a todos e que no dia da audiência vítima mudou a versão dos fatos e até implorou, chorando, ao juiz para não mandar seu próprio agressor para a prisão.

Durante a audiência de custódia preventiva, a vítima defendeu o pai de seus filhos e se culpou pelas agressões que recebeu. “É minha culpa, sou a culpada por sair de casa, saí de casa”, disse ela ao juiz.

Em outro momento, a mulher implorou ao juiz para não colocar César Galván Aguirre Evaristo para a prisão. “Eu fiz isso por um capricho”, disse ela através das lágrimas. No entanto, as evidências foi esmagadora, os vizinhos alegaram que na época do crime, a  mulher pediu ajuda porque temia por sua vida.

O juiz ignorou os pedidos da mulher e deu três meses de prisão preventiva contra César, que também tem outras acusações de violência contra várias mulheres.

ASSISTA!

 

(Com informações MCeará)





Comentários

Destaques no DOL