Notícias / Brasil

NOVO GOVERNO

Paulo Guedes defende cortes no Sesi, Sesc, Sebrae, Sest e outros órgãos

Segunda-Feira, 17/12/2018, 20:57:20 - Atualizado em 17/12/2018, 20:57:20 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Paulo Guedes defende cortes no Sesi, Sesc, Sebrae, Sest e outros órgãos  (Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

O futuro superministro da Economia, Paulo Guedes, declarou que pretende cortar investimentos no Sistema S (que compreende o Sesi, Senai, Sesc, Senac, Sebrae, Sest e Senat, entre outros).

Durante um almoço com empresários e políticos no Rio de Janeiro nesta segunda-feira (17), o guru de Bolsonaro defendeu que a entidade precisa se adequar à austeridade do próximo governo.

Em tom de ironia, Paulo Guedes deu como exemplo a Central Única dos Trabalhadores (CUT) para convencer os empresários a aceitarem futuros cortes.

“Tem que meter a faca no Sistema S. Vocês acham que a CUT [Central Única dos Trabalhadores] perde sindicatos, e aqui continua tudo igual, com almoço bom?”.

O Sistema S foi concebido na década de 1940 para promover capacitação de mão de obra, cultura e lazer para o trabalhador. Custeado pela contribuição das empresas, passou a ser administrado pelas federações patronais, que recebem uma espécie de "taxa de gestão.

(Fonte: Uol)





Comentários

Destaques no DOL