Notícias / Brasil

MARANHÃO

Justiça solta acusado de matar idosa de 106 anos a pauladas

Terça-Feira, 11/12/2018, 11:18:28 - Atualizado em 11/12/2018, 12:57:56 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Justiça solta acusado de matar idosa de 106 anos a pauladas (Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Alypio Noleto da Silva, acusado de matar uma idosa, ganhou liberdade condicional na última segunda-feira (10) após recurso apresentado pelo defensor público que o acompanha no caso. 

Ele havia sido preso no mês passado após ter confessado o assassinato de Antônia Conceição da Silva, de 106 anos, a pauladas, na madrugada do dia 17 de novembro para roubar 30 reais.

De acordo com o juiz responsável pela aceitação do recurso, Alypio é jovem e não pode ficar confinado em uma prisão, pois isso lhe retiraria qualquer chance de estudar, trabalhar e construir um futuro. Outro argumento é o de que o rapaz não apresenta qualquer risco à sociedade, portanto, mantê-lo preso seria ir na contra-mão da lei.

O acusado foi preso no mês passado e durante um interrogatório confessou que assassinou a idosa. De acordo com a investigação, Alypio é sobrinho-neto de Antônia da Conceição Silva e era um dos quatro suspeitos investigados de ter matado a vítima. Ele respondia em liberdade por uma tentativa de homicídio no início de 2018, quando tentou matar uma pessoa a golpes de machado.

Segundo a polícia, na noite do crime ele foi visto em uma festa próximo do local e usava uma sandália compatível com as pegadas deixadas na parede da casa. Ele invadiu a casa  pelo telhado para roubar um dinheiro e assassinou a tia-avó a pauladas por ter sido reconhecido.

O laudo do IML sobre a causa da morte da idosa confirma traumatismo encefálico. As investigações também confirmam que ela chegou a ser arrastada pelos cômodos da casa antes de morrer.

(Com informações do site O Congresso)





Comentários

Destaques no DOL