Notícias / Brasil

Amiga de Eloá Pimentel briga na justiça contra o Estado por R$ 150 mil de indenização

Segunda-Feira, 05/11/2018, 09:39:59 - Atualizado em 05/11/2018, 10:43:34 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Amiga de Eloá Pimentel briga na justiça contra o Estado por R$ 150 mil de indenização (Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

A amiga da jovem Eloá Pimentel que foi morta dentro de um conjunto habitacional onde morava, no ABC Paulista, pelo namorado Lindemberg Alves, em 2008, briga na justiça pelo direito de receber uma indenização do Estado de São Paulo por ter sido baleada na ocasião, ela atribui a culpa à polícia que estava presente nas negociações.

Lindemberg Farias sendo conduzido por policiais militares após a execução do crime (Foto: Arquivo)

No dia ocorrido, Eloá estava acompanhada de Nayara e mais outros dois amigos dentro da casa, finalizando um trabalho da escola. Quando o ex-namorado de Eloá, Lindemberg Farias invadiu o local, na ocasião, ele libertou os outros dois e manteve Nayara e Eloá sob cárcere privado.

Nayara foi libertada no dia seguinte, porém, retornou ao local dois dias após, nas negociações com o criminoso a policia acabou permitindo que ela voltasse ao apartamento. A jovem só saiu quando Lindermberg matou Eloá  com dois tiros.

Traumatizada com a situação, Nayara, precisou passar por vários tratamentos psicológicos, fisioterapia e fonoaudiologia. A moça processou o Estado para garantir os direitos e espera receber uma indenização de R$ 150 mil.

Nayara na saída do hospital a época do crime (Foto: Arquivo)

(Com informações do site Fabiosa)



Conteúdo Relacionado:





Comentários

Destaques no DOL