Notícias / Brasil

SEU BOLSO

Latam sobe taxas em programa de fidelidade

Terça-Feira, 23/10/2018, 20:52:03 - Atualizado em 23/10/2018, 21:06:35 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Latam sobe taxas em programa de fidelidade (Foto: Reprodução/@diwilliam)
(Foto: Reprodução/@diwilliam)
 Após informar que fechará o capital da Multiplus, a companhia aérea Latam anunciou mudanças em seu programa de fidelidade.

A partir de 20 de janeiro de 2019, alterações e pedidos de reembolso de passagens emitidas com pontos Multiplus só poderão ser feitos antes do voo.

As taxas também foram atualizadas. Para alterar passagens de viagens no Brasil, serão cobrados R$ 225. Até 31 de outubro deste ano, o valor é de R$ 75, e, a partir de 1º de novembro, de R$ 89.

Em pedidos de reembolso, o custo passará para R$ 250 no próximo ano. Hoje, está em R$ 150.

Para viagens internacionais, as taxas por alterações de passagem passarão para US$ 75 (R$ 277,50) entre países da América do Sul, US$ 200 (R$ 740) entre América do Sul e Estados Unidos, e US$ 150 (R$ 555) para demais viagens internacionais.

As taxas de reembolso serão de US$ 100 (R$ 370), US$ 250 (R$ 925) e US$ 200 (R$ 740), respectivamente.

Além disso, bilhetes emitidos com pontos Multiplus em voos na América do Sul não terão mais uma bagagem despachada de 23 kg sem custo.

A companhia aérea disse que as mudanças são importantes para manter o programa Latam Fidelidade mais eficiente e competitivo.

A Latam decidiu não renovar o contrato com a Multiplus, que será encerrado em 31 de dezembro de 2024.

Os passageiros da Latam serão incluídos em um único programa de passageiros frequentes.
De acordo com a empresa, a decisão reflete dificuldades enfrentadas por programas de fidelidade no mercado brasileiro e a estagnação da Multiplus em participação de mercado.

A Smiles, da Gol, principal concorrente da Multiplus, informou que não promoveu alterações em suas políticas.

Atualmente, a Smiles cobra uma taxa de cancelamento para voos nacionais de R$ 250 e de R$ 300 para viagens internacionais.

Neste mês, a Gol anunciou que pretende incorporar a Smiles.
(Folhapress)





Comentários

Destaques no DOL