Notícias / Brasil

GRAVES CONSEQUÊNCIAS

Uso de narguilé cresce entre adolescentes e preocupa. Conheça os riscos!

Quarta-Feira, 29/08/2018, 13:19:19 - Atualizado em 29/08/2018, 13:34:31 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Uso de narguilé cresce entre adolescentes e preocupa. Conheça os riscos! (Foto: Reprodução)
Pesquisa revelou aumento no número de adolescentes que afirmaram já terem fumado com o aparelho. (Foto: Reprodução)

Uma pesquisa feita com estudantes de escolas públicas e privadas de todo o país apontou que o uso do narguilé aumentou entre os adolescentes. As informações são do UOL.

Segundo a pesquisa feita com 54 mil entrevistados, 9% dos alunos do 9º ano do ensino fundamental afirmaram já terem fumado com o aparelho em 2015. No entanto, três anos antes, era apenas 7%.

A diretora de coordenação geral de doenças e agravos não transmissíveis do Ministério da Saúde, Maria de Fátima Marinho ressaltou que essa “é uma nova preocupação” já que, no momento, o Brasil enfrenta uma estagnação dos números de tabagismo, porém, em patamares ainda considerados altos.

Pesquisadores afirma que o crescimento do narguilé representa uma ameaça à redução dos indicadores de fumo no país, trazendo consequências graves como implicações na saúde dos adolescentes e ampliar o risco do adolescente também se transformar em um fumante de cigarros tradicionais.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), uma sessão de narguilé de 20 a 80 minutos corresponde à exposição de componentes tóxicos presentes na fumaça de 100 cigarros.

Dados do Vigitel, uma pesquisa feita nas capitais brasileiras com maiores de 18 anos, também mostram que há uma tendência de aumento do tabagismo na faixa etária mais jovem, até 24 anos.

Paula Johns, diretora executiva da ACT Saúde, é necessária a efetivação da proibição do uso de aditivos do tabaco, já que “esse é um elemento de maior apelo para o consumo desses produtos entre jovens". 

Há alguns meses, o Supremo Tribunal Federal (STF) considerou legal a proibição feita pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária da adição de aromas e sabor em cigarro. Como a decisão não tem efeito vinculante, contudo, a judicialização do tema continua.

(Com informações do UOL)





Comentários

Destaques no DOL