Notícias / Brasil

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Preso hipertenso morre em cela sem cobertura de delegacia

Quinta-Feira, 12/10/2017, 10:54:36 - Atualizado em 12/10/2017, 11:03:14 Ver comentário(s) A- A+

Preso hipertenso morre em cela sem cobertura de delegacia (Foto: Divulgação/DPE)
Segundo o delegado, cela era destinada a presos provisórios (Foto: Divulgação/DPE)

O comerciante Francisco Edinei Lima Silva, de 40 anos, morreu na última segunda-feira (9), dentro da cela de uma delegacia, na cidade de Barra do Corda, interior do Maranhão. Ele havia sido preso no dia anterior por envolvimento em um acidente de trânsito e apresentar sinais de embriaguez.

Familiares do preso acusam as autoridades policiais de negligência, pois ele sofria de pressão alta e a cela fica ao ar livre. Neste período do ano a temperatura na cidade chega a cerca de 40ºC.

Os parentes disseram a reportagem do Estadão que Francisco reclamou de dor de cabeça e de imediato foram até a polícia informar que ele sofria de hipertensão.

Sofrendo convulsões ele foi transferido para uma unidade de pronto atendimento da cidade onde morreu.

O delegado Renilton Ferreira, responsável pela delegacia, informou que Francisco teve acompanhamento de advogados e em momento algum estes relataram problemas de saúde do homem.

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade de Imperatriz.

SEM ESTRUTURA

A cela é um quadrado de barra de ferros e concreto que se assemelha a uma jaula e não possui nenhum tipo de proteção da luz do sol, da chuva ou mesmo do vento.

O caso gerou revolta de muita gente na cidade e foi parar na Comissão de Política Criminal e Penitenciária da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MA).

A presidente da comissão ficou de ir até o município para averiguar a situação de insalubridade contra presos.

(Com informações do Estadão)





Comentários