Entretenimento / Música

ITINERANTE

Garage Sounds Belém traz Surra, Dead Fish, Molho Negro, entre outros

Quarta-Feira, 22/05/2019, 23:45:00 - Atualizado em 22/05/2019, 23:45:00 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Garage Sounds Belém traz Surra, Dead Fish, Molho Negro, entre outros (Foto: Caio Brito/Divulgação)
Molho Negro é uma das atrações do festival que rola em setembro (Foto: Caio Brito/Divulgação)

Em setembro, Belém recebe o festival cearense itinerante Garage Sounds pelo segundo ano, misturando diversas vertentes do rock na capital paraense. Em um noite com três palcos, os nomes mais comentados do celeiro nacional dividem os holofotes com a cena local de hardcore, punk, garage, metal, entre outros gêneros. 

Os nomes da edição de Belém já foram divulgados e trazem os headliners e algumas das bandas do estado que terão a oportunidades de mostrar o trabalho para um grande público. 

Passando por 11 cidades brasileiras em todas as regiões do país, o Festival Garage Sounds no Pará traz como convidados de alcance nacional as bandas Surra (SP), Dead Fish (ES), Esteban (RS) e a paraense Molho Negro, que fez show elogiado no Lollapalooza Brasil em 2019. Para completar a programação, o evento recebe vários artistas e bandas dos estados e cidades por onde passará, movimentando as cenas locais e se transformando numa vitrine para o novo rock nacional.

 

Entre os nomes paraenses estão as bandas Klitores Kaos, Sokera, The Last Machine, Blocked Bones, Abissal, A Red Nightmare, Noturna, Camila Barbalho, Licor de Xorume, e Cout, que se juntarão a uma segunda lista lançada no próximo mês para formar 60% da programação do Festival em Belém. 

“A gente percebe os festivais como pontos muito importantes no desenvolvimento da cena paraense. Trazer e/ou mostrar coisas novas, seja daqui ou de fora, é necessário, porque afeta a estrutura e gera uma mudança, e estar fazendo parte disso é muito revigorante porque a gente vê que esses momentos são resultados de muito suor e trabalho”, comemora Raissa Coutinho, guitarrista e vocalista da Cout, grupo jovem que vêm chamando atenção no cenário paraense de rock. 

Para a produtora local do evento, a musicista Amanda Coelho, a cena paraense se destaca, principalmente, pelo trabalho que as bandas têm de engajar público e apoiar as outras bandas. “No momento que a gente vive no Brasil hoje para o rock, onde a gente não consegue atingir um mainstream gigantesco porque a gente tá numa avalanche pop bem grande, esse segurar na mão do outro, esse engajar uma banda o trabalho do outro, é crucial pra que até festivais como o Garage Sounds vinguem e consigam ter um alcance maior em cada cidade, em cada região do Brasil”, defende a produtora da NoName, empresa responsável pelo evento no estado. 

A segunda edição do Garage Sounds em Belém será no feriado do dia 7 de setembro e o primeiro lote de ingressos já está à venda. 

(Com informações de divulgação)



Conteúdo Relacionado:





Comentários

Destaques no DOL