Notícias / Polícia

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Torcedor é morto a pedradas após Re-Pa

Domingo, 19/04/2015, 15:56:56 - Atualizado em 20/04/2015, 09:00:26 Ver comentário(s) A- A+

Torcedor é morto a pedradas após Re-Pa (Foto: Facebook)
Tuka Tutb, como era identificado pela Organizada Terror, teria sido morto covardemente (Foto: Facebook)

A briga entre torcidas organizadas de Remo e Paysandu registrou mais uma vítima fatal, em Belém. Na noite do último sábado (18), um torcedor bicolor morreu espancado, a pedradas e pauladas, após uma briga entre as organizadas  “Terror Bicolor” e “Remoçada”, na capital.

De acordo com informações, logo após a partida, os membros das duas torcidas se encontraram e "Tuka" acabou sendo agredido por vários membros da organizada do Remo. O crime teria acontecido por volta das 20h, na rua do Una, bairro Telégrafo. Apesar de ser levado ao Hospital Regional Metropolitano, o torcedor não resistiu aos ferimentos e morreu. Abaixo, o comunicado da morte - via rede social - de representação da Terror Bicolor da Marambaia.

 

Comunicado da morte do torcedor via grupo de organizada em Belém (Reprodução Facebook) 

Em outra fanpage, "Tutb Guanabara", o texto: "Viemos por meio desta nota deixa nosso pêsames pela morte do nosso amigo camarada e irmão Tuka , que sempre nos apoio na Terror da Guanabara e sempre deu valor em nosso bairro , e que vai deixar muita saudade , tiraram sua vida na covardia , poise meu grande amigo olhe por nos ai de cima que aqui na Terra nos se entende .. Então fica na fé do senhor .. — com Tuka Tutb", anunciava a morte do torcedor.

Não bastassem a violência e crueldade do ato, os agressores teriam registrado em vídeo o momento e divulgado a gravação nas comunidades da Remoçada em redes sociais:

 

ENTERRO

Durante todo o domingo, “Tuka”, como era conhecido recebeu inúmeras homenagens de familiares e amigos, na Grande Belém. Através da fanpage de membros da Terror Bicolor, o registro da indignação. O enterro teria ocorrido na tarde deste domingo.

A filha da vítima, também pelas redes sociais, identificada como Peka Quik Silver, desabafou "- Ai meu deu conforta nossos corações meu deus , te amo pai ;'( — com Tuka Tutb." e postou a foto abaixo: 

Foto do enterro do torcedor foi postada pela filha da vítima. (Reprodução: Facebook)

EXTINÇÃO

Desde novembro de 2007 já existe registro de tentativa de extinção das organizadas no Pará. Em setembro do ano passado houve nova movimentação com este objetivo, mas ao que parece tudo continua do mesmo jeito. 

Nas redes sociais de ambas as duas principais torcidas organizadas da capital, encontros, registro da presença em grandes jogos, incitação da rivalidade e outras postagens reveladoras da ação das torcidas.

(DOL)



Conteúdo Relacionado:



Comentários