Notícias / Polícia

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Baixista da Madame Saatan é atropelado em Belém

Quarta-Feira, 03/10/2012, 12:40:10 - Atualizado em 04/10/2012, 08:54:25 Ver comentário(s) A- A+

O baixista da banda Madame Saatan, Ícaro Suzuki, foi atropelado na noite de terça-feira (2), no conjunto Marex, bairro Val-de-Cães, em Belém, pelo delegado Carlos Alberto Nascimento, da Polícia Civil. O músico passa por uma avaliação médica na manhã desta quarta-feira (3).

De acordo com a irmã do músico, Briseida Suzuki, o atropelamento aconteceu por volta de 20h30, quando estavam em direção a um lanche no conjunto. "O Ícaro estava caminhando no canteiro da rua e de repente veio esse delegado e subiu a calçada, atropelando ele", disse. Com o impacto, o músico foi arremessado por cerca de dois metros.

Ícaro sofreu fratura no crânio e levou 15 pontos na cabeça. Ainda hoje ele passará por uma reavaliação neurológica e com o traumatologista. "Os médicos estão tentando controlar a hemorragia na cabeça dele", informou Briseida, que postou no seu perfil do Facebook uma imagem do veículo que atropelou o irmão. Ainda de acordo com ela, o delegado tentou fugir após o acidente, mas foi contido pelos moradores.

Foto: Briseida Suzuki/Facebook

De acordo com a assessoria de comuicação da Polícia Civil, após o atropelamento, o delegado foi encaminhado à Divisão de Crimes Funcionais (Decrif), onde prestou esclarecimentos, pagou fiança e foi solto logo em seguida e responderá o processo criminal em liberdade.

O delegado foi acusado de prática de lesão corporal, conduzir veículo sob efeito de álcool e dexar de prestar socorro à vítima.

O delegado Carlos Alberto Nascimento não está mais na ativa. Segundo a PC, ele está afastado de suas funções e aguardando processo de aposentadoria.

Leia também: Madame Saatan pede assinatura em abaixo-assinado

(Brunno Gustavo/DOL)



Conteúdo Relacionado:



Comentários