Ferrer bate Querrey e Espanha larga na frente

Sexta-Feira, 14/09/2012, 15:12:10 - Atualizado em 14/09/2012, 15:12:10

Tamanho da fonte: A- A+

David Ferrer sofreu um pouco mais do que imaginava, mas venceu Sam Querrey por 3 sets a 1, de virada, com parciais 4/6, 6/2, 6/2 e 6/4, nesta sexta-feira, em Gijón, e abriu vantagem para a Espanha na melhor de cinco duelos do confronto diante dos Estados Unidos, pela semifinal da Copa Davis.

Com o resultado, os espanhóis terão a chance de abrir 2 a 0 sobre os norte-americanos na outra partida desta sexta, entre Nicolas Almagro e John Isner, realizada na quadra de saibro da arena montada no Parque Hermanos Castro.

Atual quinto colocado do ranking mundial, Ferrer jogou sob forte apoio da torcida em Gijón, mas Querrey não se intimidou com a pressão e foi melhor no primeiro set, no qual aproveitou duas de cinco chances de quebrar o saque do espanhol, que só converteu um de dois break points e acabou derrotado por 6/4.

A partir dali, porém, Ferrer começou a fazer valer o seu melhor jogo e provou que a derrota na primeira parcial foi apenas um susto. No segundo set, não ofereceu nenhuma chance de quebra a Querrey e ainda foi feliz em duas de cinco oportunidades de ganhar games no serviço do norte-americano, garantindo assim o triunfo por 6/2.

E o cenário se repetiu na terceira parcial, na qual Ferrer converteu dois de quatro break points e mais uma vez não teve o seu saque ameaçado em nenhum momento. Com isso, ele voltou a assegurar uma tranquila vitória por 6/2 e virou o jogo.

Já no quarto set, Querrey esboçou uma reação, mas não conseguiu aproveitar nenhuma das nove chances que recebeu de quebrar o saque do espanhol, que converteu um de dois break points e depois sacou para fechar a parcial e o duelo em 6/4. Por causa da instabilidade com o seu serviço, o tenista da casa só conseguiu vencer este último set após uma hora, enquanto jogo teve o total de 3h03min.

No fim, Ferrer ganhou com certa tranquilidade mesmo cometendo 46 erros não-forçados, pois Querrey contabilizou 70. O fato ajudou a suplantar os 47 winners do norte-americano, diante dos 36 do espanhol.

(Agência Estado)

Seja o primeiro a comentar. Clique aqui!

Sem Comentários

Mais de Outros Esportes

Leia mais notícias de Outros Esportes. Clique aqui!

EDIÇÃO ELETRÔNICA