Diário Online

Iniciar impressão | Voltar para página


Quarta-Feira, 17/05/2017 - 07h41

Ministério da Integração entrega água e alimentos

Ministério da Integração entrega água e alimentos (Foto: Maycon Nunes/Diário do Pará)
Ministério da Integração entrega água e alimentos (Foto: Maycon Nunes/Diário do Pará)

Um sistema de água tratada para atender a população de Marituba atingida pela contaminação do aterro sanitário a céu aberto é o próximo passo do Ministério da Integração Nacional para ajudar o município, que sofre as consequências do lixão instalado pelo governo estadual através da empresa Revita. O anúncio foi feito na tarde desta terça-feira (16) pelo ministro Helder Barbalho, durante uma ação emergencial que entregou aos moradores 975 mil litros de água mineral para consumo imediato. Dividida em 195 mil galões de 5 litros, a água foi entregue junto com 650 cestas básicas, um investimento de R$ 1,9 milhão para beneficiar inicialmente as 300 famílias cadastradas, que receberam as doações no Ginásio de Marituba. 

Acompanhado pelo prefeito da cidade, Mário Filho, e representantes do legislativo municipal, estadual e federal, Helder fez da ocasião um momento de conversa com a população atingida, que usou faixas de agradecimento ao ministro, mas também protestou contra o Estado e reivindicou direitos básicos, como respirar e beber uma água que não esteja contaminada. “Eu sei que o que temos hoje aqui não resolve o problema, que é muito maior. Mas para esse problema eu também farei tudo o que for possível. Embora a questão do lixo não esteja diretamente ligada ao ministério no qual hoje eu atuo, vou junto com o prefeito Mário Filho e as lideranças das nossas bancadas pleitear uma solução definitiva para esse grave problema que hoje todos enfrentam em Marituba”, garantiu.

Ministro Helder Barbalho, deputada federal Elcione Barbalho e o prefeito de Marituba, Mario Filho, participaram da cerimônia de entrega dos kits aos moradores de Marituba. (Foto: Maycon Nunes/Diário do Pará)

PROJETO

Para o sistema de água tratada, falta apenas a conclusão e envio do projeto pelo prefeito Mário Filho, que, segundo assegurou, isso será feito nos próximos dias. “Recorri ao ministro Helder e, no momento, o que pode ser feito é essa ação emergencial que rapidamente ele trouxe até a nossa população, porém o mais importante é que o ministro não medirá esforços para que possamos ajudar os moradores do entorno desse lixão com o fornecimento urgente de água, através de uma parceria onde o Ministério da Integração entra com os recursos para os poços e estações de tratamento, e o município com a tubulação para fazer a água chegar até as pessoas”, disse o prefeito.

Representando a bancada federal, a deputada Elcione Barbalho disse que está trabalhando para ajudar a encerrar o sofrimento que se tornou o lixão para a população de Marituba, e fez duras críticas sobre a omissão de quem poderia resolver o problema. “A implantação desse lixão da forma como foi feita está sendo desastrosa para Marituba em todos os sentidos, para o meio ambiente e para a vida das pessoas. E tudo isso está acontecendo por um governo estadual omisso, que virou as costas para a grande maioria dos municípios paraenses. A verdade é que o Pará está abandonado”,afirmou a deputada.

(Cléo Soares)


Iniciar impressão | Voltar para página

Endereço da página:

Endereço do site: