Diário Online

Iniciar impressão | Voltar para página


Domingo, 02/10/2016 - 07h00

Pioneiro pagou R$ 2 milhões por obra inacabada

Pioneiro pagou R$ 2 milhões por obra inacabada (Foto: Jader Paes)
Pioneiro pagou R$ 2 milhões por obra inacabada (Foto: Jader Paes)

Manoel Pioneiro conseguiu. O prefeito de Ananindeua vai terminar seu mandato sem ter concluído o Estádio Municipal. Na verdade, a situação é ainda pior. Pioneiro sequer adiantou as obras do local. Quatro anos após assumir o comando da segunda maior cidade do Pará, o candidato à reeleição vai terminar 2016 sem ter feito praticamente nada no estádio.

E o mais grave é que, de acordo com o cadastro de convênios do Portal da Transparência, do Governo Federal, apesar de terem sido liberados, pelo Ministério do Esporte, mais de R$ 1,5 milhão - já na gestão de Pioneiro - para a continuidade das obras do estádio, o local segue totalmente abandonado. Mas o dinheiro saiu. Só na atual gestão de Pioneiro, a Prefeitura já gastou mais de R$ 2,1 milhões na obra.

Leia a matéria completa na edição deste domingo (02) do DIÁRIO.

(Diário do Pará)


Iniciar impressão | Voltar para página

Endereço da página:

Endereço do site: