MULTIMÍDIA / GALERIAS


Obra inacabada e riscos de acidentes em porto de Belém

Ao pisar na madeira apodrecida do trapiche do Porto do Açaí, no bairro do Jurunas, em Belém, é difícil não sentir receio de se acidentar. À medida que se caminha, é possível sentir as tábuas completamente soltas, que se movimentam de acordo com o fluxo intenso de pessoas. No sábado (26), o que era receio se transformou em realidade, quando parte do trapiche que é utilizado para embarque e desembarque desabou.

Postado em: 29/08/2017 - 22:37:02 | Visualizações: 295
Créditos: Fernando Araujo / Diário do Pará